GOD SAVE THE QUEEN !!!

 

Em meados de 1970, encontraram-se em Londres um físico ( Brian May ), um

biólogo (Roger Taylor), um Designer (Freddie Mercury) e um engenheiro eletrônico (John Deacon) e resolveram montar aquela que seria uma das maiores e mais bem sucedidas banda de Pop Rock do mundo: QUEEN!

Com uma proposta diferente daquela época, e tendo como seu principal líder Freddie Mercury, o Queen inovou o mundo da música com um som mesclado entre o estilo pesado do hard rock e a harmonia dos Beach Boys

Em 1973 lançado o primeiro álbum, intitulado apenas "Queen". Em 1974 = lançado "Queen II", um dos álbuns mais experimentalista da banda

Neste mesmo ano, estoura o primeiro sucesso da banda: "Killer Queen", mostrando todo o glamour a que eles se propunham. A partir daí, os sucessos não parariam.

Em 1975 =lançado "A Nigth At The Opera", uma verdadeira obra prima recheado de sucessos que eternizariam de vez a banda. "Bohemian Rhapsody" atingiria a posiçao nļ 1 na Grã-Bretanha, conquistando o prêmio Ivor Novello, surgindo nessa época o fenômeno do vídeo-clip. O clip desta canção mudaria de vez o conceito dos vídeo-clips, dividindo a

história do vídeo promocional em antes e depois dela. Neste mesmo álbum temos a belíssima "Love Of My Life", que passaria ser obrigatória no repertório dos shows da banda, e "You're My Best Friend" (primeira canção de John Deacon a fazer sucesso).

A partir daí o Queen, teria um reinado soberano nas décadas de 70, 80 e 90, ganhando o mundo com grandes sucessos como: "Somebody To Love", Donít Stop Me Now", "Play The Game", "Save Me", "Radio Ga Ga", "Who Wants To Live Forever", "The Show Must Go On", "We Will Rock You", cuja batida realmente não nos deixa parados e, a imortal "We Are The Champions" que virou um hino, sempre tocado em finais de shows da banda e em grandes eventos esportivos.

A "Rainha" nos deu o ar de sua graça por duas vezes, a primeira em 1981,com duas apresentações estrondosas, lotando o estádio do Morumbi, em São Paulo. A segunda aparição em solo brasileiro, foi no inesquecível Rock In Rio I, em duas apresentações com recorde de público (mais de 250 mil pessoas).

Por onde o Queen passava, atraía multidões de fãs, que até hoje mantém viva a memória da banda. A carreira majestosa do Queen foi interrompida precocemente com a morte, em novembro de 1991, de Freddie Mercury, mais uma vítima da AIDS.

Doze anos após a morte de seu líder, a música do Queen ainda está viva nos corações de seus milhões de fãs espalhados por todo o mundo e continua a influenciar diversas bandas que estão surgindo.

GOD SAVE THE QUEEN !!!