Bossa x Beatlles

No auge do sucesso, em 1966 os Beatles representavam o que havia de melhor no mercado musical internacional no século 20, inclusive com grande sucesso até hoje aqui no brasil. Esse estilo ajudou a influenciar a maior parte da música brasileira, dita na época como consumo de massa , de bom gosto e sofisticação.

No mesmo momento em que Beatles se consideravam mais populares que Jesus Cristo, a nossa música brasileira, de Tom Jobim, Moacir Santos, Baden Powell, Johnny alf e outros já chegava aos Estados Unidos e influenciaram músicos e intérpretes como Stan getz, Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan e Frank Sinatra. Nossa música também já chegava na França e influenciava artistas como Pierre Barouh, Claude Nougaro e George Moustaki.

Com certeza não podemos discutir sobre o samba que é rico em polirritmia e quase foi decodificado para ser mais acessível ao mercado musical no exterior e com isso fez surgir a Bossa Nova, que não atingiu grandes massas como o Samba, mais ajudou a influenciar, com suas notas mais bem elaboradas e arranjadas; os ritmos de várias parte do mundo como o Jazz e Són Cubano.

Apesar de conhercermos o surgimento dos Beatles como um fenômeno, e até mais importante que o aparecimento da Bossa Nova, apenas sustenta o estilo da música Pop com mais facilidade para cantar e com letras e refrão que caia em moda com a população na época e de mais moderno para ouvir.

Há quem pesssoas que ainda discordam desse ponto de vista apesar uma estrutura com seus acordes perfeitos e bem comportados os "rapazes de Liverpool" teria trazido um retrocesso comparado ao que já se tocava no Brasil, pois nesse período a Bossa Nova era reconhecida internacionamente como uma das músicas mais sofisticadas e rica em harmonia e melodia, podendo ser executada por intérpretes, violão e voz e por orquestras com grande sonoridade, sem precisar fazer grandes mudanças na estrutura musical.

Temos como exemplos nos anos 30 e 40 aqui no Brasil músicos Radamés Gnattalli, Garoto, Laurindo Almeida, Valzinho e vários outros dando bons exemplos de evolução harmônica na nossa MPB.

A Bossa Nova fez um junção de caminhos musicais com uma batida diferente que chamavam no exterior de Soft Samba representada principalmente por João Gilberto com seu banquinho e um violão, mas o mundo também precisava de um som mais animado e jovem, enquanto que a Bossa Nova era mais romântica.

Os Beatles começaram com um som bem simplificado em termos notas e arranjos, mas foi se aperfeiçoando e evoluindo com a participação de um grande arranjador chamado George Martin, sendo acrescentados as suas músicas novas técnicas de gravação, Sons de naipe de cordas , orquestras, variadas evoluções vocais que percebemos em discos como Sargent Pepper’s, Revolver e Abbbey Road e outros, além do mais, suas músicas passaram ser tocadas por orquestras e corais de todo mundo e com isso deixou de apenas uma música com acordes perfeitos e se tornar também tão moderna quanto a Bossa Nova.

Cada estilo desse contribui para o Pop e o Jazz respectivamente influenciando uma geração e passando um comportamento musical que até hoje são adotados por muitos músicos e Bandas por todo o mundo. Esses

fenômenos musicais foram mais importante na ideologia dos anos 60 do que musical. Se compararmos a música Rock ou Pop ainda hoje essas músicas não possuem muitas notas e tem seu valor pelas letras que passam um linha de revolta, amor perdido ou sobre um manisfesto político, estes como principais destaques

nas suas melodias para temas de seus discos e Shows da sua Banda.

A música brasileira sempre será mais rica que o Pop Internacional, principalmente se dermos valor devido a ela e procurarmos saber cada vez mais sobre sua originalidade, pois quando tocamos um Choro, um Sambinha ou uma Bossa Nova não tem pra ninguém, eles adoram quando pegamos o violão e tocamos músicas como "Michelle" ou "Yesteday" em forma de Bossa Nova com aquela batida inegualável e pra finalizar tocar "Garota de Ipanema" ou "Samba do Avião" para finalizar com chave de ouro essa comparação entre Bossa Nova x Beatles. É só analisar Você mesmo e chegará a sua conclusão.