A Outra Rota

A F#m Dm A

Eu vou fechar as contas e me mandar

F#m Dm

Me ajoelhar, pedir perdão

A F#m Dm

Depois te perdoar Você não merece o que eu te fiz

A A7 D E

Só pra te machucar Como se o forte fosse eu

A F#m Dm A

Eu tou em outra rota pra um outro lugar

F#m Dm A

Eu quero as coisas certas Eu quero te falar

F#m Dm

Você não merece o que eu te fiz

A A7 D

Tentando te mudar Como se o certo fosse eu

A B/A D/A

Agora somos só nós dois olhando pros lados

A B/A D/A

Depois de tanta estupidez

A B/A D/A

Agora somos só nós dois olhando pros lados

A B/A D/A A F#m Dm

Já nem te vejo mais E acreditar, e acreditar

A F#m Dm

Mesmo sem ver as provas De cada corte corre sangue

A F#m Dm

E a vida se renova Você sabe o que eu já fiz

A A7 D A F#m Dm A

E do que eu fui capaz Mas fica tudo entre nós

 

Alagados

 

Introdução: A E D

A E D

Todo dia o sol da manhã

A

Vem e me desafia

E D

Traz do sonho pro mundo

A

Quem já não o queria

E D A

Palafitas, trapiches, farrapos

C#m E D

Filhos da mesma agonia

A E D

E a cidade que tem braços abertos

A

Num cartão postal

E D A

Com os punhos fechados na vida real

E D A

Lhe nega oportunidades

C#m E D

Mostra a face dura do mal

A E D A

Alagados, Trenchtown, Favela da Maré

E

A esperança não vem do mar

D A

Vem das antenas de TV

E

A arte de viver da fé

D A

Só não se sabe fé em quê

E

A arte de viver da fé

D A

Só não se sabe fé em quê

A E D / A E D

[SOLO]

 

[Repete]

 

A E D / A E D

[SOLO]

[Refrão]

 

Aonde Quer Que Eu Vá

Introdução: Am7

C Am7

Olhos fechados

C Am7

Pra te encontrar

C Am7

Não Estou ao seu lado

C F7M

Mas posso sonhar

>>>Trecho1:

Dm7

Aonde quer que eu vá

C

Levo você

G/B Am7 F7M

no olhar

Dm7

Aonde quer que eu vá

C G/B Am7

Aonde quer que eu vá

C Am7

Não sei bem certo

C Am7

Se é só ilusão

C Am7

Se é você já perto

C F7M

Se é intuição

[Trecho1, Voltar e Seguir]

 

D Bm

Longe daqui

F#m

Longe de Tudo

G D

O sonhos vão te buscar

Bm

Volta pra mim

F#m

Vem pro meu mundo

G D Bm

Eu sempre vou te esperar

F#m G F E7 Am7

[SOLO]

 

C Am7

Não sei bem certo

C Am7

Se é só ilusão

C Am7

Se é você já perto

C

Se é intuição

[Trecho1, Voltar e Seguir]

F Dm7 C Em7 Am7

[SOLO VOCAL]

 

Assaltaram A Gramática

 

Introdução: C#m E B

 

E C#m E

Assaltaram a gramática

C#m A

Assassinaram a lógica

F#m A G#m F#m

Meteram poesia, na bagunça do dia-a-dia

E C#m

Sequestraram a fonética

E C#m

Violentaram a métrica

A F#m A G#m F#m E

Meteram poesia onde devia e não devia

C#m G#m

Lá vem o poeta com sua coroa de louro

G# A

Agrião, pimentão, boldo

F#m G#m C#m

O poeta é a pimenta do planeta Malagueta

 

 

Bang Bang

 

Introdução: Am Dm / Am Dm / Am Dm E7

Am Dm

Se o sol pudesse ver Tudo que iria acontecer

Am Dm

Talvez não nascesse aquele dia

Am Dm

Se as orações das mães Tivessem sido ouvidas

Am Dm

Nada disso acontecia

E7

Mas naquele dia até Deus se escondeu,

Não quis ouvir pedidos de socorro,

A voz da razão sumiu,

Quando a polícia civil subiu o morro

Am Dm

Fogo sobre os dois irmãos Nem mão nem contra-mão

Am Dm

É só sangue, terra e cocaína

Am Dm

A ferida rasga a terra e mostra um coração

Am Dm

Que sangra e se contamina

[Repete]

 

 

Bora-Bora

Introdução: B7 (E D/E) E A C#m B7 (E D/E)

 

E D C

Eu te imagino com outro cara

E A G B7 E D/E

Numa praia em Bora-Bora, Agora

E

E me imagino embriagado

D/E E D/E

Jogado no chão de uma espelunca, Nunca

E

E já não penso em nada disso

D/E E D/E

O ciúme é um laço, um artifício Meu

E

Eu já não sou mais tão menino

D/E E D/E

Pra me pintar da cor do teu destino Teu!

 

E D/E

[SOLO]

C#m

Eu te imagino com outro cara

G#m/C# C#m G#m/C

Numa praia em Bora-Bora, Agora

C#m

E me imagino embriagado

G#m/C# C#m G#m/C#

Jogado no chão de uma espelunca, Nunca

E

E já não penso em nada disso

D/E E D/E

O ciúme é um laço, um artifício Meu, só meu

E

Eu já não sou mais tão menino

D/E E D/E

Pra me pintar da cor do teu destino Teu, se vira, Ah!

[Repete]

 

Busca Vida

Introdução: C Em F Fm

 

C Em

Vou sair pra ver o céu

F Fm

Vou me perder entre as estrelas

C Em

Ver daonde nasce o sol

F Fm Em Am

Como se guiam os cometas pelo espaço

Em Am

E os meus passos

Dm7 G

Nunca mais serão iguais

C Em

Se for mais veloz que a luz

F Fm

Então escapo da tristeza

C Em

Deixo toda dor pra trás

F Fm Em Am Em Am

Perdida num planeta abandonado no espaço

Dm7 G

volto sem olhar pra trás no escuro do céu

C Em

Mais longe que o sol

F Fm Em Am Em Am Dm7 G

Perdido num planeta abandonado No espaço

F Em F

Ele ganhou dinheiro ele assinou contratos

G F Em F

e comprou um terno e trocou o carro

G F Em F G

E desaprendeu a caminhar no céu e foi o princípio do fim

 

 

Caleidoscópio

 

G7 C7(9)

Não é preciso apagar a luz

Eu fecho os olhos e tudo vem

G7 C7(9)

Num caleidoscópio sem lógica

G7 C7(9)

Eu quase posso ouvir a tua voz

Eu sinto a tua mão a me guiar

G7 C7(9)

Pela noite a caminho de casa

Am7

Quem vai pagar as contas desse amor pagão

Bm7

Te dar a mão, me trazer à tona pra respirar

D7

Quem vai chamar meu nome ou te escutar

G7 C7(9)

Me pedindo para apagar a luz

Amanheceu, é hora de dormir

G7 C7(9)

Nesse nosso relógio sem órbita

G7 C7(9)

Se tudo tem que terminar assim

Que pelo menos seja até o fim

G7 C7(9)

Pra gente não ter nunca mais que terminar

G7 C7(9) / G7 C7(9)

[SOLO]

 

 

Capitão de Indústria

Introdução: G D/G C/G D/G / Gm7 Eb/G C/D

 

G D/G C/G D/G

Eu às vezes fico a pensar

Gm7 Eb/G C/D

Em outra vida ou lugar Estou cansado demais

G D/G C/G D/G

Eu não tenho tempo de ter

Gm7 Eb/G C/D

O tempo livre de ser De nada ter que fazer

Eb7M Ebm Bb7M

É quando eu me encontro perdido

Gm7 Eb7M Ebm Bb7M

Nas coisas que eu criei E eu não sei

Eb7M Ebm Bb7M

Eu não vejo além da fumaça

Gm7 Ab7M C/D

O amor e as coisas livres, coloridas, Nada poluídas

G D/G C/G D/G

Ah, eu acordo pra trabalhar

Gm7 Eb/G C/D

Eu durmo pra trabalhar Eu corro pra trabalhar

 

G D/G C/G D/G

Eu não tenho tempo de ter

Gm7 Eb/G C/D

O tempo livre de ser De nada ter que fazer

Eb7M Ebm Bb7M Gm7

Eu não vejo além da fumaça que Passa

Eb7M Ebm Bb7M

E polui o ar Eu nada sei

Eb7M Ebm Bb7M

Eu não vejo além disso tudo

Gm7 Ab7M C/D

O amor e as coisas livres, coloridas Nada poluídas

 

Em Am Em Am / Cm/Eb C/D

[SOLO]

 

[Repete]

 

Carro Velho

Introdução: A

 

A D E

Carro velho

D A

Carro velho pra quê?

D E

Se é pra ficar no caminho

D A

Eu prefiro não ter

D E

Eu quero ter um novinho

D A

Eu quero um tipo cupê

D E

Um dia eu ganho sozinho

D A D E D

Aí é que vocês vão ver

 

A D E

Carro velho

D A

Carro velho pra quê?

D E

Já não bastasse a miséria

D A

O pouco que se come

D E

Já basta ver nas vitrines

D A

Coisas que eu nunca vou ter

D E

Um dia eu ganho sozinho

D A D E D

Aí é que vocês vão ver

 

A E

Pra ver os meus filhos com vergonha de mim

A E

Pra ver meus vizinhos todos rindo de mim

A E

Eu tenho raiva do mundo

A

Eu tenho raiva de mim

E

Eu tenho raiva de tudo

A D E D

De tudo o que eu não posso ter

 

A D E

Carro velho

D A

Carro velho pra quê?

D E

Pra enfeitar a sujeira

D A

Da rua que me viu nascer

D E

Eu já empurro carroça

D A

Eu já carrego essa cruz

Charles Anjo 45

Am D Am D

Protetor dos fracos e dos oprimidos

Am D Am D

Robin-Hood dos morros Rei da malandragem

Am D Am D

Um homem de verdade com muita coragem

Am D Am D

Só porque, porque, porque Charles marcou bobeira

Am D Am D

Foi tirar férias forçadas numa colônia penal, oba

Am D G C Am D G C

Oba, oba, oba Charles Como é my friend Charles

Am D G C Am D Am D

Como vão as coisas, Charles? Charles, anjo 45

>>>Trecho1:

Am D Am D

Mas Deus é justo e verdadeiro

Am D Am D

E antes de acabar as férias, nosso Charles vai voltar

Am D Am D

Para alegria geral Antecipando o carnaval

Am D Am

Vai ter batucada Missa em ação de graças

Am D Am D

Whisky com feijoada E outras milongas mais Oba!

Am D G C Am D G C

Oba, oba, oba Charles Como é my friend Charles

Am D G C Am F/A D/A G/A

Como vão as coisas, Charles? Charles, anjo 45

Am D Am D Am D Am D

Charles, anjo 45 Protetor dos fracos e dos oprimidos

 

[Trecho1, Voltar e Seguir]

Cinema Mudo

 

A D E7

Uô le bo le ô ô ô ô ô ô <<Tocar 3 Vezes>>

A D E7

Amor sem palavras Cinema mudo

A D E7 A D E7

Não falo nada você sabe tudo ô, ô, ô, ô

A D E7

A noite chega Me dá um toque

A D E7 A D E7

Melancolia não dá Ibope ô, ô, ô ô

A D E7

Eu tenho que aprender a dizer tudo

E7 A D E7 A

que eu sinto por você Eu tenho que aprender

D E7 A D E7 A

Num desses seriados de TV

A D E7 A D E7

[SOLO]

 

De Musica Ligeira

 

Introdução: Am F C G

 

Am F C G Am F C G

Ela deitou, seu calor se espalhava

Am F C G Am F C G

Eu despertei, e ainda sonhava

Am F C G Am F C G

Algum tempo atrás, escrevi uma carta

Am F C G

Que nunca escolhi as armas do amor

Am F C G Am F C G

E daquele amor De música ligeira

Am F C G Am F C G

Nada nos livra Nada mais resta

Am F C G Am F C G

Não lhe enviarei Mentiras e rosas

Am F C G Am F C G

Nem penso evitar o toque secreto

 

[Repete]

 

Dos Margaritas

D7

Fazer um desenho nas costas da mão

Despir a consciência das dores morais

Jogar uma vaca do décimo andar

Viajar sob a lua que varre os sertões

Uma ostra chilena, um beijo em Paris

Se cortasse o cabelo e mudasse o nariz

Se Vital escrevesse a constituição

Se eu nunca quisesse quem nunca me quis

Ser dois e ser dez e ainda ser um

Se a vingança apagasse a dor que eu senti

Ser seco, ser reto, isento à moral

Se eu nunca lembrasse o estrago que eu fiz

Tudo isso me faria feliz

Absurdos me fariam feliz

Pero nada me hará tan feliz

Como dos margaritas

 

Ela Disse Adeus

>>>Trecho1:

Dm Bb F

Ela disse adeus

(Now the deed is done

As you blink she is gone

Let her get on with life

Let her have some fun) <<Bis>>

F Gm Dm

Ela disse adeus, e chorou

Ja sem nenhum sinal de amor

F Gm C

Ela se vestiu, e se olhou

Sem luxo mais se perfumou

Bb C

Lagrimas por ninguem

F Dm

So porque, e triste o fim

Bb Gm C

Outro amor se acabou

F Gm Dm

Ele quis lhe pedir pra ficar

De nada ia adiantar

F Gm C

Quis lhe prometer melhorar

E quem iria acreditar

Bb C F Dm

Ela nao precisa mais de voce

Bb Gm C

Sempre o ultimo a saber

 

[Trecho1, Voltar e Seguir]

[Repete Refrão 6 Vezes]

 

Esqueça o Que Te Disseram Sobre o Amor (Vai ser Diferente)

Introdução: G D C D

 

G D C D

Desculpas é que eu não vou pedir

G D C D

Pelo que quero e o que não quero fazer

G D

Outro dia eu apareço

C D G D

Enquanto isso vamos nos entender

C D G D

Esqueça o que te disseram

C D G D C D

Sobre casa filhos e televisão

G D C

É preciso sangue frio pra ver

D

Que o sangue é quente

G D C D

E que vai ser diferente

G D C D G D C D

Ah, Ah, Ah, Ah, Ah, Ah, Vai ser diferente <<Bis>>

G D C D

Pode ser o que você nunca viu

G D C D

Pode ser o que você tem na mão

G D C

Pode ser exatamente o que eu digo

D G D C

E também pode não

D G D

Então esqueça seus sonhos

C D G D C D

Esqueça as regras e a exceção

G D C D

É mais real cru e fascinante

G D C

É mortal passível de ressurreição

[Repete]

 

Esta Tarde

 

B B/A B/G# B/F#

Alguma invenção

B/E A B

Que faça o tempo parar esta tarde

B B/A B/G# B/F#

Quando se for o sol

B/E A B E

Que a luz desse dia nunca acabe

E B A B A

Esteja sempre perto, sempre longe dos covardes

E B A B A

O errado e o certo, pra ter raiva e ter piedade

B B/A B/G# B/F# B/E

Arcos de toda cor vão escrever teu nome

A B B/A B/G# B/F#

Na paisagem Te levo pela mão

B/E

E o viajar já é mais que a viagem

E B A B A

Esteja sempre perto, sempre longe dos covardes

E B A B A

O errado e o certo, pra ter raiva e ter piedade

[SOLO]

[Repete]

 

Fui Eu

Introdução: A E F#m D A E/G# D/F# E/G#

A E F#m D A E/G# D/F# E/G#

A G A G A G A G

A E

Os pés descalços queimam no asfalto

F#m D

Os carros passam - vêm e vão

A E/G#

Eu dobro a esquina, eu vou na onda

D/F#

Pego carona na multidão

A E

Você olhou, fez que não me viu

F#m D

Virou de lado, acenou com a mão

A E/G#

Pegou um táxi, entrou, sumiu

D/F#

Deixou o resto de mim no chão

F#m C#m D#m7(5b)

Vai ver que a confusão

Dm A F#m F#7 Bm7 G Ab A G A G A G A G

Fui eu que fiz fui eu

A E F#m D

Há algo errado no paraíso É muito mais que contradição

A E/G# D/F#

Sou eu caindo num precipício Você passando num avião

A E

Você olhou, fez que não me viu

F#m D

Foi como se eu não estivesse ali

A E/G# D/F#

Desligou a luz, deitou, dormiu Nem pensou em se divertir

F#m C#m D#m7(5b)

Vai ver que a confusão

Dm A F#m F#7 Bm7 G G#

Fui eu que fiz fui eu

A E F#m D A E/G# D/F# E/G# <<Bis>>

A G A G A G A G <<Bis>>

Go Back

 

Introdução: C Em Dm G

 

C Em Dm G

Você me chama Eu quero ir pro cinema

C Em Dm G

Você reclama Meu coração não contenta

C Em Dm G

Você me ama Mas de repente a madrugada

C Em Dm G

mudou e certamente

C Em Dm G

Aquele trem já passou e se passou, Passou daqui

C Em Dm G

pra melhor, foi!

C Em Dm G

Só quero saber do que pode dar certo

C

Não tenho tempo a perder <<Bis>>

 

I Feel Good (I Got You) / Sossego

Introdução: Em A G / G A Bb B

B7

I feel good I knew that I would now

E7 B7

I feel good I knew that I would now

F#7 E7 B7

So good, so good, 'cause I got You

B7

I feel nice like sugar and spice

E7 B7

I feel nice like sugar and spice

F#7 E7 (C7)

So nice, so nice, a a

-Vitória Régia!

C7

Ora bolas Não me amole

com esse papo De emprego, uh uh

Não tá vendo, Não tô nessa

E o que eu quero é Sossego

Ah ah o que eu quero? Sossego

O que eu quero? Sossego

Eu só quero Sossego

O que eu quero é

(C7)

Paticudum i - i

C7

[SOLO]

 

La Bella Luna

Introdução:

e:------7---------------------------------------------------

b:--/9-----9-----9-----------10----------7----------9-------

g:------------9-----9--9/11------11---8-----8--8/9-----9----

D:----------------------------------------------------------

A:----------------------------------------------------------

E:----------------------------------------------------------

e:----------------7--5--------------------------------------

b:------5-----/4--------------------------------------------

g:---4-----4------------------------------------------------

D:----------------------------------------------------------

A:----------------------------------------------------------

E:----------------------------------------------------------

E B7

Por mais que eu pense que eu sinta que eu fale

E B7

Tem sempre alguma coisa por dizer

E B7

Por mais que o mundo dê voltas em

E B7

Torno do Sol vem a Lua me enlouquecer

E B7 E B7

A noite passada Eu sonhei com você

E B7 E B7

A noite passada Você veio me ver

E B7

Ó Lua de cosmo no céu estampada

E B7

Permita que eu possa adormecer

E B7

Quem sabe de novo nessa madrugada

E B7

Ela resolva aparecer

 

Lanterna dos afogados

A9 B/A

Quando tá escuro e ninguém te ouve

G#m C#m

Quando chega a noite e você pode chorar

A9 B/A

Há uma luz no túnel dos desesperados

G#m C#m

Há um cais do porto pra quem precisa chegar

>>>Trecho1:

A9 B/A

Eu tô na lanterna dos afogados

G#m C#m D7M D7M

Eu tô te esperando, vê se não vai demorar ah!

7inv

A9 B/A

Uma noite longa por uma vida curta

G#m C#m

Mas já não me importa basta poder te ajudar

A9 B/A

são tantas marcas que já fazem parte

G#m C#m

Do que sou agora mas ainda sei me virar

[Trecho1, Voltar e Seguir]

B C#/B

Quando tá escuro e ninguém te ouve Quando chega a

Bbm7 Ebm

noite e você pode chorar

B C#/B

Há uma luz no túnel dos desesperados

Bbm7 Ebm

Há um cais do porto pra quem precisa chegar

B C#/B

Eu tô na lanterna dos afogados

Bbm7 Ebm E7M

Eu tô te esperando, vê se não vai demorar ah!

B C#/B

Uma noite longa por uma vida curta

Bbm7 Ebm

Mas já não me importa basta poder te ajudar

B C#/B

são tantas marcas que já fazem parte

Bbm7 Ebm B

Do que sou agora mas ainda sei me virar

 

Lourinha Bombril

Introdução: G F

G

Para e repara: Olha como ela samba

Olha como ela brilha, Olha que maravilha

G F

Essa crioula tem o olho azul

G F

Esta lourinha tem cabelo bombril

G F

Aquela índia te sotaque do sul

G F

Essa mulata tem a cor do Brasil

G F

A cozinheira tá falando alemão

G F

A princesinha tá falando "nou-faire"

G F

A italiana cozinhando feijão

G F

A americana se encantou com o Pelé

G

Haagen-dazs de mangaba, Chateau, canela preta

Cachaça, "made in Cairo" dando a volta no planeta

Caboclo presidente trazendo a solução

Livro pra comida, prato pra educação

G

Para e repara: Olha como ela samba

Olha como ela brilha, Olha que maravilha

Eb G

Ai, ai

Manguetown

 

(Em Em G D)

Estou enfiado na lama É um bairro sujo

Aonde juros não tem casas Mas eu não tenho asas

E eu estou aqui em minha casa

Aonde Juros não tem asas

E eu vou ficando segurando nas paredes

Do meu quintal, oh Manguetown

 

B

Cantando por entre os becos Andando em coletivos

Ninguem faz eu ser o sujo Da lama da Manguetown

 

 

Melô do Marinheiro

Introdução:C Dm G

 

>>>Trecho1:

C Dm

Entrei de gaiato num navio

C G

Entrei, entrei, entrei pelo cano

C Dm

Entrei de gaiato num navio

C G

Entrei, entrei, entrei por engano

[Trecho1, Voltar e Seguir]

C Dm

Aceitei, me engajei, fui conhecer a embarcação

C G

A popa, o convés, a proa e o timão, uh!

C Dm

Tudo bem bonito pra chamar a atenção

C G

Foi quando eu percebi um balde d'água e sabão

C Dm

Tá vendo essa sujeira bem debaixo dos seus pés?

C G

Pois deixa de moleza e vai lavando esse convés

[Trecho1, Voltar e Seguir]

C Dm

Quando dei por mim, eu já estava em alto-mar

C G

Sem a menor chance, nem maneira de voltar

C Dm

Pensei que era moleza, mas foi pura ilusão

C G

Conhecer o mundo inteiro sem gastar nenhum tostão

C Dm

Liverpool, Baltimore, Bangkok e Japão

C G

E eu aqui descascando batata no porão <<Bis>>

[Trecho1, Voltar e Seguir]

C Dm

Liverpool, Baltimore, Bangkok e Japão

C G

E eu aqui descascando batata no porão

C G

E eu aqui descascando batata

C Dm

Pensei que era moleza, mas foi pura ilusão

C G

Conhecer o mundo inteiro sem gastar nenhum tostão <<Bis>>

C Dm

Ô marinheiro, marinheiro

C

Marinheiro só

G

Quem te ensinou a nadar?

C Dm

Ou foi o tombo do navio

C G

Ou foi o balanço do mar <<Bis>>

C Dm

Tá vendo essa sujeira bem debaixo dos seus pés?

C G

Pois deixa de moleza e vai lavando esse convés

C Dm

Pensei que era moleza, mas foi pura ilusão

C G

Conhecer o mundo inteiro sem gastar nenhum tostão <<Bis>>

Meu Erro

 

Introdução: C G F Fm/Ab

C Em7

Eu quis dizer Você não quis escutar

F7M Fm6

Agora não peça Não me faca promessas

C Em7

Eu não quero te ver Nem quero acreditar

F7M Fm6

Que vai ser diferente Que tudo mudou

Em7 Am Am/G

Você diz não saber O que houve de errado

Am/F# Fm7M

E o meu erro foi crer que estar ao seu lado

C G F

bastaria Ah Meu Deus , era tudo

C G F

que eu queria Eu dizia o seu nome, não

 

Fm/Ab C

Me abandone jamais

C G F Fm/Ab

[SOLO]

 

C Em7

Mesmo querendo eu não vou me enganar

F7M Fm6

Eu conheço os seus passos Eu vejo os seus erros

C Em7

Não ha nada de novo Ainda somos iguais

F7M Fm6

Então não me chame Não olhe pra trás

Em7 Am Am/G

Você diz não saber O que houve de errado

Am/F# Fm7M

E o meu erro foi crer que estar ao seu lado

C G F

bastaria Ah Meu Deus , era tudo

C G F

que eu queria Eu dizia o seu nome, não

 

Fm/Ab C G F Fm/Ab

Me abandone jamais

C G F Fm/Ab

Jamais

C G

 

Na Nossa Casa

Introdução: D9 G/D D5+/9 D <<Tocar 4 Vezes>>

 

D7sus4 G/D D9(5+)

Quando anoiteceu nenhuma luz

D D7sus4 G/D D9(5+) D

na nossa casa se acendeu

D7sus4 G/D D9(5+) D D7sus4 G/D D9(5+) D

Aonde você estava? Aonde estava eu?

Am C D

Se tudo parecia nada, ainda assim

Am C D7sus4 G/D D9(5+) D

O nada era mais do que o que você deixou no fim

D7sus4 G/D D9(5+) D

Quando aconteceu Quando algo em que a gente acreditava

D7sus4 G/D D9(5+) D D7sus4 G/D D9(5+) D

Se perdeu Por onde você andava?

D7sus4 G/D D9(5+) D

Por que não me socorreu?

Am C D Am

Não é o fim do mundo É só o fim de tudo que fomos nós

C E E7

Sem flutuar e sem tocar o fundo sempre sós

D9 G/D D5+/9 D

[SOLO]

Am C D

Se tudo parecia nada, ainda assim

Am C D7sus4 G/D D9(5+) D

O nada era mais do que o que você deixou no fim

[Repete]

 

O Caminho Pisado

 

E

Da cama pro banho, do banho pra sala

O sono persiste, o sol já não tarda

A vida insiste em servir, um velho ritual

que sempre serve a tantos outros

O mesmo pão comido aos poucos

A

Se senta e abre o jornal, tudo parece normal

Um dia a menos, um crime a mais

No fundo, no fundo, no fundo, tanto faz

E

Já é hora de vestir o velho paletó surrado

e caminhar sobre o caminho

pisado que conduz ruma à batalha que inicia

a cada dia conseguir um lugar

pra sentar e sonhar no lotação

A

É tudo igual! Igual! Igual! Igual! igual!

E

No fim dos dias úteis há os dias inúteis

que não bastam pra lembrar ou pra esquecer de quem se é

O ar pesado, nesse bairro pesado, em plena barra pesada,

a mão pesada vem oferecer

A

E conta os trocados, contando vantagem

E toma uma bola, começa a viagem

E

E enquanto não chegar a velha hora

Que inicia cada dia, em várias partes da cidade

Por lazer ou rebeldia, A mão pesada se abrirá

Oferecendo a garantia barata de que tudo vai mudar

A

E é tudo igual! Igual! Igual! Igual! igual!

 

Óculos

 

Introdução: E A B C#m A

E A

Se as meninas do Leblon

B

Não olham mais pra mim (Eu uso óculos)

E A

E volta e meia eu entro com meu carro

B

pela contramão (Eu to sem óculos)

E A B

Se eu to alegre Eu ponho os óculos e vejo tudo bem

E A B4

Mas se eu to triste eu tiro os óculos Eu não vejo ninguém

>>>Trecho1:

C#m A C#m

Porque você não olha pra mim? Ô, ô

A C#m

Me diz o que é que eu tenho de mal ô, ô

A

Porque você não olha pra mim

B4 E A B

Por trás dessa lente tem um cara legal Oi, Oi, Oi

 

E A B

Eu decidir dizer que eu nunca fui o tal

E A B

Era mais fácil se eu tentasse fazer charme de intelectual

E A B

Se eu te disser Periga você não acreditar em mim

E A B

Eu não nasci de óculos Eu não era assim

[Trecho1, Voltar e Seguir]

 

C#m A C#m

Por que você não olha pra mim? Ô, ô

C#m A C#m

Por que você diz sempre que não Ô, ô

C#m

Por que você não olha pra mim

B4

Por trás dessa lente também bate um coração

 

Quase um Segundo

 

Introdução: A9 E7M D7M E7M D7M E7M D7M E7/D A9 Cē

 

C#m7 B7sus4 F#/A#

Eu queria ver no escuro do mundo

A7M

Onde está tudo o que você quer

C#m7 B7sus4 F#/A#

Pra me transformar no que te agrada

G#7

No que me faça ver

C#m7 F#7 A7M

Quais são as cores e as coisas

G#7

Pra te prender?

>>>Trecho1:

E7 A7M

Eu tive um sonho ruim e acordei chorando

G#7

Por isso eu te liguei

A9 G#7 C#m7 B7sus4

Será que você ainda pensa em mim?

A9 G#7 A#m7 Bm7 E7 C#7M(9)

Será que você ainda pensa? lá lá lá lá lá lá lá

C#m7 B7sus4 F#/A#

Às vezes te odeio por quase um segundo

A7M

Depois te amo mais

C#m7 B7sus4 F#/A#

Teus pêlos, teu gosto, teu rosto, tudo

G#7

Que não me deixa em paz

C#m7 F#7 A7M

Quais são as cores e as coisas

G#7

Pra te prender?

[Trecho1, Voltar e Seguir]

 

[Repete]

 

Que pais é esse?

 

Solo violão

e ---7---7---7---7---5-----3---3---3---3---5--------------------

B -5---5---5---5---3-----5---5---5---5---7----------------------

G --------------------------------------------------------------

D --------------------------------------------------------------

A --------------------------------------------------------------

E --------------------------------------------------------------

Solo do Baixo

e --------------------------------------------------------------

B --------------------------------------------------------------

G --------------------------------------------------------------

D --------------------------------------------------------------

A -2-2-0-2--0-2-0-----------------------------------------------

E ----------------2-2-2-3-3-3-----------------------------------

Introdução: (Em C D / Em C D / Em C D <<Tocar 4 Vezes>>

Em C D

Nas favelas, no Senado

Em C D

Sujeira pra todo lado

Em C D

Ninguém respeita a Constituição

Em C D Em C D

Mas todos acreditam no futuro da naçã - ã - ão

Em C D Em C D

Que país é este Que país é este <<Bis>>

Em C D Em C D

No Amazonas, no Araguaia, na Baixada Fluminense

Em C D Em C D

Mato Grosso, nas Gerais e no Nordeste tudo em paz

Em C D

Na morte eu descanso

Em C D

Mas o sangue anda solto

Em C D

Manchando os papéis

Em C D

Documentos fiéis

Em C D

Ao descanso do patrão

Em C D Em C D

Que país é este Que país é este <<Bis>>

 

Em C D Em C D

Terceiro mundo se for piada no exterior

Em C D

Mas o Brasil vai ficar rico

Em C D

Vamos faturar um milhão

Em C D

Quando vendermos todas as almas

Em C D

Dos nossos índios em um leilão

Em C D Em C D

Que país é este Que país é este <<Bis>>

 

 

Romance Ideal

 

Introdução: E G#m F#m A7M / E G#m F#m A7M <<Bis>>

E G#m F#m A7M

Ela é só uma menina E eu pagando pelos erros

E G#m F#m A7M

Que eu nem sei se cometi

E G#m F#m A7M

Ela é só uma menina E eu deixando que ela faça

E G#m F#m A7M

O que bem quiser de mim

F#m A7M C#m G#m F#m A7M

Se eu queria enlouquecer Essa é a minha chance

Am7 E D E7 F#m A7M

É tudo que eu quis Se eu queria enlouquecer

C#m G#m F#m A7M Am7

Esse é o romance ideal

 

E G#m F#m A7M / E G#m F#m A7M

[SOLO]

E G#m F#m A7M

Eu não pedi que ela ficasse Ela sabe que na volta

E G#m F#m A7M

Ainda vou estar aqui ô, ô, ô, ô

[Repete]

 

Sábado

Introdução: Bm

D D5+ G C G

Gotas de amor sobre as feridas Como um bálsamo

D D5+ G C G

Ondas de amor pelas cortinas Como um sábado de sol

Bm Bm/A E Gm C D Gm C D

Eu só queria te dizer Que aquela dor já passou Ô, ô, ô

D D5+ G C G

Fingir que não, passar por cima Nunca me ajudou

D D5+ G C G

Onda de amor me contamina Como um sábado de sol

Bm Bm/A E Gm C D Gm C D

Eu só queria te dizer Que aquela dor já passou Ô, ô, ô

[SOLO]

D D5+ G C G

Fingir que não, passar por cima Nunca me ajudou

D D5+ G C G

Onda de amor me contamina Como um sábado de sol

Bm Bm/A E Gm C D Gm C D

Eu só queria te dizer Que aquela dor já passou Ô, ô, ô

 

 

Saber Amar

 

C D Am F6

A crueldade de que se é capaz

Dm F

Deixar pra traz os corações partidos

C G Am F6

Contra as armas do ciúme tão mortais

Dm

A submissão às vezes é um abrigo

C G Am F6

Saber amar é saber deixar

Dm F

Alguém te amar <<Bis>>

C G Am F6

Há quem não veja a onda onde ela está

Dm

E nada contra o rio

C G Am F6

Todas as formas de se controlar alguém

Dm F

Só trazem um amor vazio

C G Am F6

Saber amar é saber deixar

Dm F

Alguém te amar <<Bis>>

G C/G G

O amor te escapa entre os dedos

F/A

E o tempo escorre pelas mãos

E7sus4(9) E7(9b)

O sol já vai se pôr no mar

[Repete]

 

 

Seja Você

Introdução: A E Bm A E D/E

 

A E

Vai sempre ter alguém

Bm

Com mais dinheiro, mais respeito

A E Bm

Mais ou menos, tudo que se pode ter

A E

Vai sempre sobrar, faltar

Bm

Alguma coisa, somos imperfeitos

A E Bm

E o que falta cega pro que já se tem

D E C#7

Eu não te completo Você não me basta

F#m B7/D#

Mas é lindo o gesto de se oferecer

D7M C#m Bm

O que eu quero nem sempre eu preciso

D/E

Mas dê um sorriso quando me entender

A E Bm A E Bm

Seja você Seja só você

A E Bm A E Bm D/E

Seja você Seja só você

[SOLO]

B F#

Vai sempre ter alguém

C#m

Com mais dinheiro, mais respeito

B F# C#m

Mais ou menos, tudo que se pode ter

B F#m

Vai sempre sobrar, faltar

C#m

Alguma coisa, somos imperfeitos

B F# C#m

E o que falta cega pro que já se tem

E F# D#7

Eu não te completo Você não me basta

G#m C#7/F

Mas é lindo o gesto de se oferecer

E D#m C#m

O que eu quero nem sempre eu preciso

F#7sus4

Mas dê um sorriso quando me entender

A E Bm A E Bm

Seja você Seja só você

A E Bm A E Bm D/E

Seja você Seja só você <<Bis>>

 

Sempre Te Quis

Introdução: E9 A A/C# / E9 A A/C#

 

E9 D A/C# C E/B F#/Bb A E

E E/D A/C# Am/C (2x)

E

Todo o meu tempo, todo o meu zelo

E/D

Todo o meu prédio já sabe que eu tenho um amor

E

Todo receio, todo remédio

E/D

Tudo que sempre causava dor e medo se foi

 

C#m A E/B

Foi por te ver andando reto

F#/A# A

Entre tudo que há de incerto em mim

E

E fui andando, voltei ao zero

E/D

Um recomeço é uma forma de se encontrar

E

Por ser tranquilo, por ser sincero não me preocupa

E/D

O que não for é o que vai passar

C#m7 A E/B

Foi por te ver andando reto

F#/A# A

Entre tudo que há de incerto em mim

E

Que eu sempre te quis

E E/D A/C# Am/C

Sempre te quis assim Só pra mim <<Bis>>

 

E E/D A/C# Am/C

[SOLO]

S K A

 

Introdução: Am Dm B7 E7

 

Am Dm

A vida não é filme Você não entendeu

B7 E7

Ninguém foi ao quarto Quando escureceu

Am Dm

Saber o que passava no seu coração

B7 E7

Se o que fazia era certo ou não

Am Dm

E a mocinha se perdeu olhando o Sol se pôr

B7 E7

Que final romântico, morrer de amor

Am Dm

Relembrando da janela tudo que viveu

B7 E7

Fingindo não ver os erros que cometeu

A/C# Am/C Bm E7(9b)

E assim, tanto faz Se ela não aparecer

A/C# Am/C Bm E7/9b

E daí, nada mais

Am Dm B7 E7

[SOLO]

Am Dm

A vida não é filme Você não entendeu

B7 E7

De todos os seus sonhos não restou nenhum

Am Dm

Ninguém vai ao seu quarto Quando escureceu

B7 E7

Só você não viu Não era filme algum

Am Dm

E a mocinha se perdeu olhando o Sol se pôr

B7 E7

Que final romântico, morrer de amor

Am Dm

Relembrando da janela tudo que viveu

B7 E7

Fingindo não ver os erros que cometeu

 

A/C# Am/C Bm

E assim, tanto faz

E7(9b)

Se ela não aparecer <<Bis>>

A/C# Am/C Bm E7(9)

E daí, nada mais

Am Dm B7 E7

[SOLO]

Tendo a Lua

D A C G

Eu hoje joguei tanta coisa fora

D A C G

Eu vi o meu passado passar por mim

D A C G

Cartas e fotografias Gente que foi embora

D A C G

A casa fica bem melhor assim

D A C G

O céu de Icaro tem mais poesia que o de Galileu

D A C G

E lendo os teus bilhetes Eu penso no que fiz

A A C G

Querendo ver o mais distante Sem saber voar

D A C G

Desprezando as asas Que você me deu

D A C G

Tendo a Lua Aquela gravidade Onde o homem flutua

D A C

Merecia a visita Não de militares

G D

Mas de bailarinos Entre você e eu

A C G

[SOLO]

 

E B D A

Eu hoje joguei tanta coisa fora

E B D A

E lendo os teus bilhetes Eu penso no que fiz

E B D A

Cartas e fotografias Gente que foi embora

E B D A

A casa fica bem melhor assim

 

Trac Trac

Introdução: F C/E F C/E / F/G G/A Dm

Csus4 C Csus4

Não, não passa o tempo Ao menos para mim

C Csus4

Tomo comprimidos e sigo sem dormir

C Csus4

Vejo tantos portos, não há onde atracar

C

Já não existem laços, alguém cortou

F C/E Dm

Trac, trac, tra – a – a – a – ac

Csus4 C Csus4

Todos os perfumes, todo aquele lugar

C Csus4

Todas as misérias e tudo mais que há

C Csus4

Cada movimento do sol sobre você

C F

Cada móvel velho e cada anoitecer

C/E Dm

Yeah! Yeah! Ye – e – e – e – e - eah!

 

>>>Trecho1:

F C/G G D

Dá-me tu amor, solo tu amor Solo dá-me tu amor

F C/G G D

Dá-me tu amor, solo tu amor

Csus4 C Csus4

Poucas garantias há para nós dois

C Csus4

Nada neste mundo tem tanto valor

C Csus4

Todos os vizinhos parecem saber

C F

E lançam seus olhares sobre eu e você

C/E Dm

Yeah! Ye – e – e – e – e - eah!

Csus4 C Csus4

Veio todo mundo, a Rádio e a TV

C Csus4

Veio o comissário, anjos do céu também

C Csus4

Todos querem algo, sangue ou não sei quê

C F

Em todo Universo nada lhes dá mais prazer

C/E Dm

Yeah! Ye – e – e – e – e - eah!

[Trecho1, Voltar e Seguir]

[Trecho1, Voltar e Seguir]

 

[Repete]

F C/E F C/E / F/G G/A Dm

[SOLO]

 

Uns Dias

Introdução: G C D C G

G C D Em

O expresso do oriente Rasga a noite, passa rente

G C D Em

E leva tanta gente Que eu até perdi a conta

F Em

E nem te contei uma novidade, quente

F G C

Eu nem te contei Eu tive fora uns dias

D C G C

Numa onda diferente E provei tantas frutas

D Em F

Que te deixariam tonta Eu nem te falei

Em F

Da vertigem que se sente Eu nem te falei

D D/C G/B C

Que te procurei Pra me confessar

D D/C G/B C

Eu chorava de amor E não porque eu sofria

Am D/C G/B C

Mas você chegou já era dia Eu não tava sozinha

D C

Eu tive fora uns dias Eu te odiei uns dias

G C D C G F7sus4

Eu quis te matar

Vai Valer

(A Bodim)

Se eu saísse correndo, gritando, cantando

Num pulo a colméia inteira vinha

Se eu tocasse a moda dos sete, a pedra das nove

Às cinco eu vejo aquela estrelinha

(A Bdim)

Pintassilgo do mato, oito pés do coco

Silêncio, um carro e acaba-se a folia

Indigente cantando eu viro de lado e abraço

Com todo o embalo dessa linha

Bm G A

Vai valer, então Vai valer

 

(A Bdim)

Se eu deixasse mais claro, era claro

Eu jogo cacos pro alto e faço uma figura

Que vista de longe já houve quem visse de tudo

E os traços do rosto de uma santa

(A Bdim)

Mas eu não desisto e dobro os cabos e portos

Espero que ainda esteja viva

Não vou, permaneço fiel às idéias

E peço à colméia alguma garantia

Bm G A

Vai valer, então Vai valer

 

Vamo Batê Lata

Introdução: (E D A D) (E D A/C#)

(E D A/C#)

Vamo batê lata, tonel, garrafa d'agua

Vamo batê no pulso da artéria da rua

Vamo batê palma até de madrugada

Vamo pr'aquela praça da verdade nua

>>>Trecho1:

(E D A/C#)

Vamo de tamanco pro cubano

No aperto do abraço do suvaco do pão

Quatro sete sete cinco meia

No batuque samba funk da alegria arrastão

Tá desorientada, você não sabe nada

(E D A/C#)

Moleque de rua e a nova língua de Brown

Pega no meu braço, aperta minha mão

Vamo no balanço funk do lotação Di di diz

 

[Trecho1, Voltar e Seguir]

 

 

(F#m7 B)

Vamo batê lata, tonel, garrafa d'água

Vamo batê no pulso da artéria da rua

Vamo batê palma até de madrugada

Vamo pr'aquela praça da verdade nua

Vamo de tamanco pro cubano

No aperto do abraço do suvaco do pão

Quatro sete sete cinco meia

No batuque samba funk da alegria arrastão

(F# B E)

Tá desorientada, você não sabe nada

(F# B E)

Moleque de rua e a nova língua de Brown

Pega no meu braço, aperta minha mão

Vamo no balanço funk do lotação

(F#m7 B)

Vamo de tamanco pro cubano

No aperto do abraço do suvaco do pão

Quatro sete sete cinco meia

No batuque samba funk da alegria arrastão...

(E D A/C#) (E D A/C#)

Vamo batê palma até de madrugada(E D)

 

 

Você

A Bm

Você é algo assim

C#m Bm

É tudo pra mim É como eu sonhava, baby

A Bm

Você é mais do que eu sei

C#m Bm

É mais do que pensei É mais que eu esperava, baby

A Bm A Bm C#m Bm C#m Bm C#m E

Sou feliz agora Não, não vá embora, não

A Bm

Você é algo assim

C#m Bm

É tudo pra mim É como eu sonhava, baby

A Bm

Você é mais do que eu sei

C#m Bm

É mais do que pensei É mais que eu esperava, baby

A Bm A Bm

Sou feliz agora Não, não vá embora

A Bm A Bm

Sou feliz agora Não, não vá embora, não

A Bm

Vou morrer de saudades

[Repete]