MPB-4


A Estrada e o Violeiro
Tom: B
       B         F#     B                       A      B
Sou violeiro caminhando só, por uma estrada caminhando só
                     A     B                     D C#m  B
Sou uma estrada procurando só levar o povo pra cidade   só
                     C#         F#          B
Parece um cordão sem ponta pelo chão desenrolado
                    C#       F#              B
Rasgando tudo que encontra a terra de lado a lado
  G#m            D#m          G#m            D#m
Estrada de sul a norte eu que passo, penso e peço
  G#m            B        B7                E
Notícias de toda sorte de dias que eu não alcanço
   C#7                F#        F#7               B      A   B
De noites que eu desconheço de amor, de vida e de morte
                  C#         F#            B
Eu que já corri o mundo cavalgando a terra nua
                      C#          F#              B
Tenho o peito mais profundo e a visão maior que a sua
       G#m          D#m         G#m           D#m
Muitas coisas tenho visto nos lugares onde eu passo
       G#m           B            B7           E
Mas cantando agora insisto neste aviso que ora faço
     C#7            F#           F#7            B      A   B
Não existe um só compasso pra contar o que eu assisto
                   F#  B                    A     B
Trago comigo uma viola só, para dizer uma palavra só
                    A     B                        D  C#m   B
Para cantar o meu caminho só, porque sozinho vou a pé e     pó
                    C#                F#          B
Guarde sempre na lembrança que esta estrada não é sua
                  C#          F#         B
Sua vista pouco alcança mas a terra continua
         G#m       D#m               G#m        D#m
Segue em frente violeiro, que eu lhe dou a garantia
         G#m            B           B7         E
De que alguém passou primeiro na procura de alegria
          C#7          F#           F#7            B       

A   B
Pois quem anda noite e dia sempre encontra um companheiro
                     C#           F#         B
Minha estrada, meu caminho, me responda de repente
                     C#              F#          B
Se eu aqui não vou sozinho, quem vai lá na minha frente
      G#m         D#m           G#m        D#m
Tanta gente tão ligeiro que eu até perdi a conta
         G#m       B             B7                 E
Mas lhe afirmo, violeiro, fora a dor, que a dor não conta
       C#7            F#             F#7              B      A   B
Fora a morte quando encontra, vai na frente um povo inteiro
                     F#    B                     A    B
Sou uma estrada procurando só levar o povo pra cidade só
                        A    B                                D      C#m   B
Se meu destino é ter um rumo só, choro em meu pranto é pau, é pedra, é     pó
                       C#         F#             B
Se esse rumo assim foi feito sem aprumo e sem destino
                C#         F#        B
Saio fora desse leito, desafio e desafino
       G#m          D#m           G#m           D#m
Mudo a sorte do meu canto, mudo o norte dessa estrada
       G#m         B             B7             E
Em meu povo não há santo, não há força e não há forte
       C#7           F#          F#7         B
Não há morte, não há nada que me faça sofrer tanto
        C#        F#               B
Vai, violeiro, me leva pra outro lugar
              C#       F#          B
Que eu também quero um dia poder levar
G#m  D#m   G#m   D#m
Toda gente que virá
G#m B       B7   E
Caminhando, procurando
C#7   F#   F#7     B
Na certeza de encontrar
Última Forma
Tom: F7+
Intro: F6/9 C7/9
F7+ F6      Bm5-/7 E7       Am7/9 Am7
É, como eu falei    não ia durar
            Cm7      C#7           G7/9
Eu bem que avisei, pois é, vai desmoronar
                          A#7+
Hoje ou amanhã um vai se curvar
           Am7            Am7b
E graças a Deus, não vai ser eu quem vai mudar
      A5+/7
Você perdeu
Gm7 C7/9          Gm7   C7                  Am7  C7/9-
E sabendo com quem eu lidei não vou me prejudicar
     Cm3b        D7                     G7/9 Gm7/9
Nem sofrer, nem chorar, nem vou voltar atrás
              A#7+                          A7
Estou no meu lugar, não há razão pra se ter paz
            D5+/7               G7/9
Com quem só quis rasgar o meu cartaz
            C7             C5+/7 F7+
E agora pra mim você não é nada mais
          Bm5-/7 E7      Am7
E qualquer um pode se enganar
          D#       D7              G7/9
Você foi comum, pois é, você foi vulgar
                    A#7+                      A7
O que é que eu fui fazer quando dispus te acompanhar
        D5+/7         G7/9
Porém pra mim você morreu
           C7                F7+
Você foi castigo que Deus me deu
      E7      Am7 Am7b   F7+     E7     Am7  A7
Não saberei jamais    se você mereceu perdão
Cm7/3b        D5+/7 Gm7 Gm7b  D#7+    D5+/7    Gm7
Porque eu não sou capaz   de esquecer uma ingratidão
           C5+/7  F7+
E você foi uma a mais
          E7            Am7
E qualquer um pode se enganar
          D#       D5+/7          G7/9 Gm7/9
Você foi comum, pois é, você foi vulgar
                    A#7+                     A7
O que é que eu fui fazer quando dispus te acompanhar
  D5+/7              G7/9
Porém pra mim você morreu
           C5+/7             F7+
Você foi castigo que Deus me deu
        E7      Cm3b   D5+/7          G7/9
E como sempre se faz, aquele abraço, adeus
C7           F7+
E até nunca mais
Quando o Samba Acabou
Tom: F7+
Intro: F7+ C7
F7+     Gm7        Am7
Lá no morro de Mangueira
        Bb7+       Am7           C7/9-       Gm7 D7/9-
Bem em frente a ribanceira, uma cruz a gente vê
Gm7    C4/7         Gm7            C4/7            Gm7
Quem fincou foi a Rosinha, que é cabrocha de alta linha
       C7              F7+       C7
E nos olhos tem seu não-sei-quê
F7+    Gm7     Am7       Cm5-/7       F7/9-
Numa linda madrugada, ao voltar da batucada
            Cm7      F7     Bb7+
Pra dois malandros olhou a sorrir
Bbm7                         Am5-/7
Ela foi-se embora e os dois ficaram
       D7          G7/11+   G7     C7         F7+
Dias depois se encontraram pra conversar e discutir
D7 Db7  Cm7                  F7
Lá no morro uma luz somente havia
    Bbm7                        F7+      Dm7      Gm7       F7+   C7
Era a lua que tudo assistia, e quando acabava o samba se escondia
F7+   Gm7     Am7       Bb7+        Am7
Na segunda batucada, disputando a namorada
          D7/9-    F#7  Gm7 Am5-/7 D7/9
Foram os dois improvisar
   C4/7          Gm7               C4/7            Gm7
E como em toda façanha, sempre um perde e o outro ganha
        C7              F7+  C7
Um dos dois parou de versejar
F7+    Gm7         Am7     Cm5-/7           F7/9-
E perdendo a doce amada, foi fumar na encruzilhada
         Cm7   F7    Bb7+
Passando horas em meditação
Bbm7                    Am5-/7           D7        G7/11+
Quando o sol raiou foi encontrado na ribanceira estirado
G7       C7         F7+
Com um punhal no coração
D7 Db7  Cm7                   F7
Lá no morro uma luz somente havia
      Bbm7
Era o sol quando o samba acabou
F7            Dm7  Gm7    C7     Bb7+ F7+
De noite não houve lua, ninguém cantou
Pesadelo
Tom: D7/9
D7/9
Quando o muro separa uma ponte une
Se a vingança encara o remorso pune
Você vem me agarra, alguém vem me solta
Você vai na marra, ela um dia volta
E se a força é tua ela um dia é nossa
Olha o muro, olha a ponte, olhe o dia de ontem chegando
Que medo você tem de nós, olha aí
Você corta um verso, eu escrevo outro
Você me prende vivo, eu escapo morto
De repente olha eu de novo
Perturbando a paz, exigindo troco
Vamos por aí eu e meu cachorro
Olha um verso, olha o outro
Olha o velho, olha o moço chegando
Que medo você tem de nós, olha aí
O muro caiu, olha a ponte
Da liberdade guardiã
  C7/9
O braço do Cristo, horizonte
                   Bb7/9  D7/9
Abraça o dia de amanhã, olha aí
Amigo é prá Essas Coisas
Tom: Dm
Intro: Dm7
  Dm7                                                      Bb7/11+
- Salve !                                       - Como é que vai ?
           A5+/7   Dm7                                     Bb7/11+
- Amigo, há quanto tempo !                      - Um ano ou mais...
          A5+/7   Am7    Am6                              Am5-/7
- Posso sentar um pouco ?                      - Faça o favor
        D7/9+  Gm7                              Am5-/7       D7
- A vida é um dilema                            - Nem sempre vale a pena...
  Gm7                                                      Bb/C
- Pô...                                         - O que é que há ?
           C9-   F7M                                            Dm7
- Rosa acabou comigo                          - Meu Deus, por quê ?
                     B                                Bb7/11+
- Nem Deus sabe o motivo                       - Deus é bom
                      A7                                                    Dm7
- Mas não foi bom prá mim                      - Todo amor um dia chega ao fim
  Dm7                                                      Bb7/11+
- Triste                                        - É sempre assim
        A5+/7    Dm7                                          Bb7/11+
- Eu desejava um trago                         - Garçom, mais dois
               A5+/7   Am7   Am6                         Am5-/7
- Não sei quando eu lhe pago                    - Se vê depois
         D7/9+   Gm7                       Am5-/7        D7
- Estou desempregado                          - Você está mais velho
  Gm7                                                Bb/C
- É                                            - Vida ruim
            C9-    F7M                                     Dm7
- Você está bem disposto                       - Também sofri
                   B                                 Bb7/11+
- Mas não se vê no rosto                        - Pode ser...
                A7                                                       D7M
- Você foi mais feliz                             - Dei mais sorte com a Beatriz
                                            B7
- Pois é                                        - É o quê ?
                    E9   F#m5-/7                        B7
- Prá frente é que se anda                       - Você se lembra dela ?
  Em7                                                     C#m5-/7
- Não                                         - Lhe apresentei
           F#7    Bm7
- Minha memória é fogo !                        - E o l'argent ?
                   Em7                                  F
- Defendo algum no jogo                         - E amanhã ?
                  F#m7                                     F#m-5/7
- Que bom se eu morresse !                      - Prá quê, rapaz ?
     B7         Em7                                   A6/7
- Talvez Rosa sofresse                          - Vá atrás !
                      D9     A7                                                Dm7
- Na morte a gente esquece                     - Mas no amor a gente fica em paz
                                                           Bb7/11+
- Adeus                                       - Toma mais um
       A5+/7   Dm7                                        Bb7/11+
- Já amolei bastante                           - De jeito algum !
          A5+/7   Am7   Am6                                  Am5-/7
- Muito obrigado, amigo                         - Não tem de quê
          D7/9-    Gm7   Am5-/7                             D7     Gm7
- Por você ter me ouvido                        - Amigo é prá essas coisas
                                                            Bb/C
- Tá...                                         - Tome um cabral
         C9-   F7M                                       Dm7
- Sua amizade basta                           - Pode faltar
    Dm/C            B   Bb7/11+    A5+/7   Dm7
- O apreço não tem preço, eu vivo ao deus-dará
MPB 4
Vira virou
Tom: Gbm
Gbm               D5-/6
Vou voltar na primavera,
     E7                  A
Que era tudo que eu queria
C#7   D     E7      A
Levo terra nova daqui
Gbm               D5-/6
Quero ver o passaredo
     E7              A
Pelos portos de Lisboa
C#7   D     E7         A
Voa, voa, que eu chego já
Gbm                    D5-/6
Mas se alguém segura o leme
C#7                 Gbm
Dessa nave incandescente
F                   D7M
Que incendeia minha vida
     E7          A
Que era viajante lenta
A7                 D7M
Tão faminta da alegria
C#7                D7M
Hoje é porto de partida
A   E     Gbm           B   D      E
Ah, vira, virou, meu coração navegador
D7M   C#7    Gbm        E  A
Ah,   gira, girou essa galera


Quando o samba acabou
Tom: F7+
Intro: F7+ C7
F7+     Gm7        Am7
Lá no morro de Mangueira
        Bb7+       Am7           C7/9-       Gm7 D7/9-
Bem em frente a ribanceira, uma cruz a gente vê
Gm7    C4/7         Gm7            C4/7            Gm7
Quem fincou foi a Rosinha, que é cabrocha de alta linha
       C7              F7+       C7
E nos olhos tem seu não-sei-quê
F7+    Gm7     Am7       Cm5-/7       F7/9-
Numa linda madrugada, ao voltar da batucada
            Cm7      F7     Bb7+
Pra dois malandros olhou a sorrir
Bbm7                         Am5-/7
Ela foi-se embora e os dois ficaram
       D7          G7/11+   G7     C7         F7+
Dias depois se encontraram pra conversar e discutir
D7 Db7  Cm7                  F7
Lá no morro uma luz somente havia
    Bbm7                        F7+      Dm7      Gm7       F7+   C7
Era a lua que tudo assistia, e quando acabava o samba se escondia
F7+   Gm7     Am7       Bb7+        Am7
Na segunda batucada, disputando a namorada
          D7/9-    F#7  Gm7 Am5-/7 D7/9
Foram os dois improvisar
   C4/7          Gm7               C4/7            Gm7
E como em toda façanha, sempre um perde e o outro ganha
        C7              F7+  C7
Um dos dois parou de versejar
F7+    Gm7         Am7     Cm5-/7           F7/9-
E perdendo a doce amada, foi fumar na encruzilhada
         Cm7   F7    Bb7+
Passando horas em meditação
Bbm7                    Am5-/7           D7        G7/11+
Quando o sol raiou foi encontrado na ribanceira estirado
G7       C7         F7+
Com um punhal no coração
D7 Db7  Cm7                   F7
Lá no morro uma luz somente havia
      Bbm7
Era o sol quando o samba acabou
F7            Dm7  Gm7    C7     Bb7+ F7+
De noite não houve lua, ninguém cantou


Pesadelo
Tom: D7/9
D7/9
Quando o muro separa uma ponte une
Se a vingança encara o remorso pune
Você vem me agarra, alguém vem me solta
Você vai na marra, ela um dia volta
E se a força é tua ela um dia é nossa
Olha o muro, olha a ponte, olhe o dia de ontem chegando
Que medo você tem de nós, olha aí
Você corta um verso, eu escrevo outro
Você me prende vivo, eu escapo morto
De repente olha eu de novo
Perturbando a paz, exigindo troco
Vamos por aí eu e meu cachorro
Olha um verso, olha o outro
Olha o velho, olha o moço chegando
Que medo você tem de nós, olha aí
O muro caiu, olha a ponte
Da liberdade guardiã
  C7/9
O braço do Cristo, horizonte
                   Bb7/9  D7/9
Abraça o dia de amanhã, olha aí


Última forma
Tom: F7+
Intro: F6/9 C7/9
F7+ F6      Bm5-/7 E7       Am7/9 Am7
É, como eu falei    não ia durar
            Cm7      C#7           G7/9
Eu bem que avisei, pois é, vai desmoronar
                          A#7+
Hoje ou amanhã um vai se curvar
           Am7            Am7b
E graças a Deus, não vai ser eu quem vai mudar
      A5+/7
Você perdeu
Gm7 C7/9          Gm7   C7                  Am7  C7/9-
E sabendo com quem eu lidei não vou me prejudicar
     Cm3b        D7                     G7/9 Gm7/9
Nem sofrer, nem chorar, nem vou voltar atrás
              A#7+                          A7
Estou no meu lugar, não há razão pra se ter paz
            D5+/7               G7/9
Com quem só quis rasgar o meu cartaz
            C7             C5+/7 F7+
E agora pra mim você não é nada mais
          Bm5-/7 E7      Am7
E qualquer um pode se enganar
          D#       D7              G7/9
Você foi comum, pois é, você foi vulgar
                    A#7+                      A7
O que é que eu fui fazer quando dispus te acompanhar
        D5+/7         G7/9
Porém pra mim você morreu
           C7                F7+
Você foi castigo que Deus me deu
      E7      Am7 Am7b   F7+     E7     Am7  A7
Não saberei jamais    se você mereceu perdão
Cm7/3b        D5+/7 Gm7 Gm7b  D#7+    D5+/7    Gm7
Porque eu não sou capaz   de esquecer uma ingratidão
           C5+/7  F7+
E você foi uma a mais
          E7            Am7
E qualquer um pode se enganar
          D#       D5+/7          G7/9 Gm7/9
Você foi comum, pois é, você foi vulgar
                    A#7+                     A7
O que é que eu fui fazer quando dispus te acompanhar
  D5+/7              G7/9
Porém pra mim você morreu
           C5+/7             F7+
Você foi castigo que Deus me deu
        E7      Cm3b   D5+/7          G7/9
E como sempre se faz, aquele abraço, adeus
C7           F7+
E até nunca mais


Amigo é prá essas coisas
Tom: Dm
Intro: Dm7
  Dm7                                                      Bb7/11+
- Salve !                                       - Como é que vai ?
           A5+/7   Dm7                                     Bb7/11+
- Amigo, há quanto tempo !                      - Um ano ou mais...
          A5+/7   Am7    Am6                              Am5-/7
- Posso sentar um pouco ?                      - Faça o favor
        D7/9+  Gm7                              Am5-/7       D7
- A vida é um dilema                            - Nem sempre vale a pena...
  Gm7                                                      Bb/C
- Pô...                                         - O que é que há ?
           C9-   F7M                                            Dm7
- Rosa acabou comigo                          - Meu Deus, por quê ?
                     B                                Bb7/11+
- Nem Deus sabe o motivo                       - Deus é bom
                      A7                                                    Dm7
- Mas não foi bom prá mim                      - Todo amor um dia chega ao fim
  Dm7                                                      Bb7/11+
- Triste                                        - É sempre assim
        A5+/7    Dm7                                          Bb7/11+
- Eu desejava um trago                         - Garçom, mais dois
               A5+/7   Am7   Am6                         Am5-/7
- Não sei quando eu lhe pago                    - Se vê depois
         D7/9+   Gm7                       Am5-/7        D7
- Estou desempregado                          - Você está mais velho
  Gm7                                                Bb/C
- É                                            - Vida ruim
            C9-    F7M                                     Dm7
- Você está bem disposto                       - Também sofri
                   B                                 Bb7/11+
- Mas não se vê no rosto                        - Pode ser...
                A7                                                       D7M
- Você foi mais feliz                             - Dei mais sorte com a Beatriz
                                            B7
- Pois é                                        - É o quê ?
                    E9   F#m5-/7                        B7
- Prá frente é que se anda                       - Você se lembra dela ?
  Em7                                                     C#m5-/7
- Não                                         - Lhe apresentei
           F#7    Bm7
- Minha memória é fogo !                        - E o l'argent ?
                   Em7                                  F
- Defendo algum no jogo                         - E amanhã ?
                  F#m7                                     F#m-5/7
- Que bom se eu morresse !                      - Prá quê, rapaz ?
     B7         Em7                                   A6/7
- Talvez Rosa sofresse                          - Vá atrás !
                      D9     A7                                                Dm7
- Na morte a gente esquece                     - Mas no amor a gente fica em paz
                                                           Bb7/11+
- Adeus                                       - Toma mais um
       A5+/7   Dm7                                        Bb7/11+
- Já amolei bastante                           - De jeito algum !
          A5+/7   Am7   Am6                                  Am5-/7
- Muito obrigado, amigo                         - Não tem de quê
          D7/9-    Gm7   Am5-/7                             D7     Gm7
- Por você ter me ouvido                        - Amigo é prá essas coisas
                                                            Bb/C
- Tá...                                         - Tome um cabral
         C9-   F7M                                       Dm7
- Sua amizade basta                           - Pode faltar
    Dm/C            B   Bb7/11+    A5+/7   Dm7
- O apreço não tem preço, eu vivo ao deus-dará


Cebola cortada
Tom: Bm
Bm          F#m    A               E
O orvalho da noite brinca na luz do luar
Bm          F#m    A               E
Quem acredita em sereia sabe os segredos do mar
G               F#m    Em              D
A cachoeira cantando é a canção natural
Bm          E          A     Bm        E        A4/7     A7
Sempre lembrando prá gente que amar nunca faz mal
       G      A       Bm        E        G      F#m     Bm
Teu amor é cebola cortada, meu bem, que logo me faz chorar
   G      A       Bm        E        G      F#m     Bm
Teu amor é espinho de mandacarú que gosta de me arranhar
   G      A       Bm        E        G      F#m     Bm
Teu olhar é cacimba barrenta, meu bem, que eu gosto de espiar


A Lua
Tom: G7+
Intro: (G7M  Bm7)
(G7M    Bm7)
A lua,  quando ela roda é nova, crescente ou meia lua, é cheia
                   F#7               Am7              G7M
E quando ela roda minguante e meia, depois é lua novamente, bis
(Bm7           G7M)
Quando ela roda é nova crescente ou meia lua, é cheia
                   F#7               Am7
E quando ela roda minguante e meia, depois é lua nova
(G7M                        A7)
Mente quem diz que a lua é velha
                                 G7M         Bm7    G7M    Bm7
Mente quem diz que a lua é velha, mente quem diz