Marisa Monte
 

Bem Que Se Quis

            G7M
Bem que se quis
         C/D             G7M
Depois de tudo ainda ser feliz
           C/D               Em7
Mas já não há caminhos prá voltar
             Dm7       G7    C7M
E o que que a vida fez da nossa vida
            Bm7      E7        Am7
O que que a gente não faz por amor
           G7M
Mas tanto faz
           C/D                  G7M
Já me esqueci de te esquecer porque
        C/D                 Em7
O teu desejo é meu melhor prazer
           Dm7          G7      C7M
E o meu destino é querer sempre mais
           Bm7        E7      Am7    G#7M
A minha estrada corre pro teu mar
      G7M           Dm7
Agora vem prá perto, vem
        G7            C7M   Bm7
Vem depressa, vem sem fim,  dentro de mim
Am7           G#7M             G7M           Dm7
Que eu quero sentir o teu corpo pesando sobre o meu
           G7
Vem meu amor, vem prá mim
     C7M       Bm7    Am7      G#7M     G7M
Me abraça devagar, me beija e me faz esquecer


Rosa
Tom: D
Intro: D
   D  F            A7                          D
Tu és, divina e graciosa, estátua majestosa do amor
F            A7                    F#7
Por Deus esculturada e formada com ardor
                       Bm                 B7
Da alma da mais linda flor de mais ativo olor
        Em       E7                A7
Que na vida é preferida pelo beija-flor
    D  F              A7                            D7
Se Deus me fora tão clemente aqui nesse ambiente de luz
              G
Formada numa tela deslumbrante e bela
Gm                      D     B7      E7           A7
O teu coração junto ao meu lanceado pregado e crucificado 
               D
Sobre a rósea cruz do arfante peito teu
 Bm             Em                               F#7
Tu és a forma ideal, estátua magistral oh alma perenal
                 Bm
Do meu primeiro amor, sublime amor
  B7              Em
Tu és de Deus a soberana flor
   C#7            F#7                F#7                Bm
Tu és de Deus a criação que em todo coração sepultas o amor
                Em                  G7              F#7
O riso, a fé e a dor em sândalos olentes cheios de sabor
                C7                      B7
Em vozes tão dolentes como um sonho em flor
 Em           F       Bm
És láctea estrela, és mãe da realeza
    F#7
És tudo enfim que tem de belo
             Bm                A7
Em todo resplendor da santa natureza
 D     F             A7 
Perdão, se ouso confessar-te eu hei de sempre amar-te
D      F               A7
Oh flor meu peito não resiste
                       F#7                     Bm
Oh meu Deus quanto é triste a incerteza de um amor 
                 B7        Em           E7                         A7
Que mais me faz penar em esperar em conduzir-te um dia aos pés do altar
D     F              A7                             D7
Jurar, aos pés do onipotente em preces comoventes de dor
              G
E receber a unção da tua gratidão
 Gm                     D         B7        E7
Depois de remir meus desejos em nuvens de beijos
             A7               D                   A# D
Hei de te envolver até meu padecer de todo fenecer


Diariamente
Tom: E
E                     E6
Para calar a boca: Rícino
Pra lavar a roupa: Omo
            F#/E      E
Para viagem longa: Jato
                         A
Para difíceis contas: Calculadora
  E
Para o pneu na lona: Jacaré
Para a pantalona: Nesga
             F#/E       E
Para pular a onda: Litoral
                        A
Para lápis ter ponta: Apontador
                     E
Para o Pará e o Amazonas: Látex
Para parar na pamplona: Assis
              F# / E       E
Para trazer à tona: Homem - Rã
              E           A
Para a melhor azeitona: Ibéria
                                 E
Para o presente da noiva: Marzipã
Para Adidas o Conga: Nacional
                        F# / E
Para o outono a folha: Exclusão
                E           A
Para embaixo da sombra: Guarda -Sol
       E
Para todas as coisas: Dicionário
Para que fiquem prontas: Paciência
     F# / E           E
Para dormir a fronha: Madrigal
                          A
Para brincar na gangorra: Dois
                E
Para fazer uma toca: Bobs
                E
Para beber uma coca: Drops
                 E
Para ferver uma sopa: Graus
                  E     A
Para a luz lá na roça: 220 volts
   E
Para vigias em ronda: Café
Para limpar a lousa: Apagador
                 F# /E
Para o beijo da moça Paladar
                   E       A
Para uma voz muito rouca: Hortelã
            E
Para a cor roxa: Ataúde
Para a galocha: Verlon
         F# /E    E
Para ser moda: Melancia
                       A
Para abrir a  rosa: Temporada
               E
Para aumentar a vitrola: Sábado
Para a cama de mola: Hóspede
               F# /E        E
Para trancar bem a porta: Cadeado
                             A
Para que serve a calota: Volkswagen
       E
Para quem não acorda: Balde
Para a letra torta: Pauta
                        F# /E
Para parecer mais nova: Avon
E                        A
Para os dias de prova: Amnésia
                E
Pra estourar a pipoca: Barulho
Para quem se afoga: Isopor
              F# /E    E
Para levar na escola: Condução
                         A
Para s dias de folga: Namorado
        E
Para o automóvel que capota: Guincho
Para fechar uma aposta: Paraninfo
                       F# /E
Para quem se comporta: Brinde
                  E          A
Para a mulher que aborta: Repouso
Para saber a resposta: Vide - o - Verso
Para escolher a compota: Jundiaí
                  F# /E   E
Para a menina que engorda: Hipofagi
                          A
Para a comida das orcas: Krill
E
Para o telefone que toca:
Para a  água lá na poça
Para a mesa que vai ser posta
                     A            E
Para você o que você gosta: Diariamente


Maria de verdade
Tom: Ab
Intro: Db  Ab  Bbm Db  Ab  
Ab               Db
Pousa-se toda Maria
            Ab                Db
no varal das 22 fadas nuas lourinhas
Ab                Db
Fostes besouro Maria
              Ab                    Db
e a aba do Pierrot descosturou na bainha
      Ab          Gb        Db/F
Farinhar bem, derramar a canção
Ab                    Gb     Db/F
Revirar trens, louco mover paixão
Bb7               Db7
Nas direções, programado emoldurado
     Bb7  Ab                 Gb/Ab | Ab
Esperarei romântico
Ab              Db
Sou a pessoa Maria
                 Ab               Db
Na água quente e boa gente tua Maria
Ab              Db
Voa quem voa Maria
                Ab                  Db
e a alma sempre boa sempre vou à Maria
      Ab          Gb        Db/F
Farinhar bem, derramar a canção
Ab                    Gb     Db/F
Revirar trens, louco mover paixão
Bb7               Db7
Nas direções, programado emoldurado
     Bb7  Ab                 Gb/Ab | Ab
Esperarei romântico
                   Db
Tou vitimado no profundo poço 
           Eb
na poça do mundo 
                   Fm
do céu amor vai chover 
Db            Ab
Tua pessoa Maria 
Db               Ab
Mesmo que doa Maria 
Db            Ab
Tua pessoa Maria 
Db               Ab
Mesmo que doa Maria


Ainda lembro
Tom: A7+
A7M                E4sus
Ainda lembro o que passou
A7M                 E4sus
Eu você em qualquer lugar
                            C#m7   F#7
Dizendo "Aonde você for, eu vou"
            D7M
E quando eu perguntei
     E4sus
Ouvi você dizer
            A7M                  E4sus
Que eu era tudo o que você sempre quis.
A7M                  E4sus
Mesmo triste eu tava feliz
                        C#m7  F#7
E acabei acreditando em ilusões
          D7M
Eu nem pensava em ter
         E4sus
Que esquecer você
       A7M
Agora vem você dizer
 G#m7 C#7(b9) F#m7    B7
"Amor, eu errei com você
Em7        Eb79    D7M    C#m7
E só assim pude entender 
F#m7                    B7
que o grande mal que eu fiz 
          E4/7sus
foi a mim mesmo"
A7M
Vem você dizer 
G#m7  C#7(b9) F#m7  B7
"Amor, eu não pude evitar"
Em7          Eb79
E eu te dizendo 
D7M    C#m7   F#m7
Liga o som
    B7    E4sus
E apaga a luz


Tempos modernos
Tom: Am
Am        C        G       D
Eu vejo a vida melhor no futuro
Am      C        G       D
Eu vejo isso por cima do muro
     C    Em        Am        C      G
de hipocrisia que insiste em nos rodear
Am        C          G       D
Eu vejo a vida mais farta e clara
Am      C         G       D
Repleta de toda a satisfação
       C     Em
Que se tem direito
Am       C        G
Do firmamento ao chão
Am        C       G         D
Eu quero crer no amor numa boa 
Am         C          G          D
E que isso valha prá qualquer pessoa
      C  Em    Am         C          G
Que realizar a força que tem uma paixão
Am         C       G      D
Eu vejo um novo começo de era 
Am       C         G         D
De gente fina, elegante e sincera
       C  Em   Am              C          G
Com habilidade pra dizer mais sim do que não
              F
Hoje o tempo voa amor 
               Am
Escorre pelas mãos 
                 G
Mesmo sem se sentir
                   F
E não há tempo que volte amor
                        Am
Vamos viver tudo o  que há prá viver
               G
Vamos no permitir


Alta Noite
Tom: B
Intro: B7+  F#4.7  B7+
| B7+                  D#m7.5+
| Alta noite já se ia, ninguém na estrada andava
|      B7+                                        C#m7
| No caminho que ninguém caminha, alta noite já se ia
|     F#7               B7+   B7
| Ninguém com os pés na água
|    E6
| Nenhuma pessoa sozinha ia
|    F#4.7        F7
| Nenhuma pessoa vinha
B7+         B7    B6          B5+
Nem a manhãzinha, nem a madrugada
REPETE |
B7+            B7    B6            B5+
Nem a estrela-guia, nem a estrela-d'alva
B7+                  D#m7.5+
Alta noite já se ia, ninguém na estrada andava
     B7+                                        C#m7
No caminho que ninguém caminha, alta noite já se ia
    F#7               B7+   B7
Ninguém com os pés na água
SOLO:  (E6 E6 F#4.7 B7+)2x   B7
   E6
Nenhuma pessoa sozinha ia
   F#4.7        F7
Nenhuma pessoa vinha
B7+         B7    B6          B5+
Nem a manhãzinha, nem a madrugada
REPETE |
B7+            B7    B6            B5+
Nem a estrela-guia, nem a estrela-d'alva
B7+                  D#m7.5+
Alta noite já se ia, ninguém na estrada andava
     B7+                                        C#m7
No caminho que ninguém caminha, alta noite já se ia
    F#7               B7+   B7
Ninguém com os pés na água