Canção que morre no ar

Introdução: D6 Em7 A7(9b) D6 Bm7 Fm7 Bb7(13) Eb7M Cm7

Bbm7 Eb7(9b) Ab7(13) Ab7(5+) Abm7 Db7(9b)

F#7M F#6 Em7

Brinca no ar

A7(9b) D7M F#m7/C# Bm7 A G#m7

Um resto de canção

C#7(9b) F#7M F#6 Em7

Um rosto tão sereno

A7(9b) D7M Bm7 G#m7 C#7(9b)

Tão quieto de paixão

F#7M F#6 Em7

Morre no ar

A7(9b) D7M F#m7/C# Bm7 A G#m7

O sempre mesmo adeus

C#7(9b) F#7M F#6

Meus olhos são teus olhos

G#m7 E7 A6 F#m7 Cm7

Para nós, vem

F7(13) Bb7M Bb6

Um mundo sempre amor

Gm Gm7M Gm7

O pranto que desliza

C7sus4(9) F7M F6

No seio de uma flor

Em7 A7 D7M F#m7/C# Bm7

Terra-luz, anjo só

A C#m7 F#7(5+) Bm7 E7

Mil carícias você trás

Em7 A7sus4(9) D7M

Beijo manso, luz e paz

 

 

Ciúme

D6/9 C#m7 F#7(5+) Bm7

Tenho razão em proceder assim

F#m7 B7(#9) E7(9)

De vez em quando reclamando

Em7(9) A7(13) D6/F# F Em7 A7

De quem anda com você

D6/9 C#m7 F#7(5+)

Há coisas que eu nem posso ver

Bm7 F#m7 B7(#9) E7(9)

Como esse telefone azucrinando

Em7(9) A7(13) D6/9 G#m7(11) G7(#11)

Só chamando por você

F#7M G G#m7 C#7(9)

Esses seus parentes que lhe

F#7M G G#m7 C#7(9)

Beijam tanto assim

A7M A# Bm7 E7(9) Em7 A7(5+)

E esses seus amigos que só falam mal de mim

D6/9 C#m7 F#7(5+)

Se eu zango, você pega a rir

Bm7 F#m7 B7(#9) E7(9)

Argumentando que eu já estou ficando

Em7(9) A7(13) D6/F# F Em7 A7

Com ciúme de você

D6/9 C#m7 F#7(5+)

Ciúme eu não tenho não

Bm7 F#m7

O que eu quero é respeito

B7(#9) E7(9) Em7(9) A7(13) D6/9

Dá um jeito senão eu paro com você

 

 

 

Influência do jazz

 

Em7 A7(9b) D7M B7(9b) Em7 A7(9) D7M D6/9

Pobre samba meu Foi se misturando se modernizando, e se perdeu

Am7 D7(9b)

E o rebolado cadê?, não tem mais

G#m7(5b) Gm6

Cadê o tal gingado que mexe com a gente

D6/F# F Em7

Coitado do meu samba mudou de repente

A7(13) D6/9 B7(9b) Em7 A7(9b) D7M B7(9b)

Influência do jazz Quase que morreu

Em7 A7(9) D7M

E acaba morrendo, está quase morrendo, não percebeu

D6/9 Am7 D7(9b)

Que o samba balança de um lado pro outro

G#m7(5b) Gm6

O jazz é diferente, pra frente pra trás

D6/F# F Em7

E o samba meio morto ficou meio torto

A7(13) D6/9 G#m7(11) G7(#11) F#m7 B7(9) F#m7 B7(9)

Influência do jazz No afro-cubano, vai complicando

F#m7 B7(9) F#m7 B7(9) G#m7 C#7(9) G#m7 C#7(9)

Vai pelo cano, vai, Vai entortando, vai sem descanso

F#m7 Fm7 Em7 A7(9b) Em7 A7(9b) D7M B7(9b)

Vai, sai, cai no balanço, Pobre samba meu

Em7 A7(9) D7M D6/9

Volta lá pro morro e pede socorro onde nasceu

Am7 D7(9b)

Pra não ser um samba com notas demais

G#m7(5b) Gm6

Não ser um samba torto pra frente pra trás

D6/F# F Em7 A7(13) D6/9

Vai ter que se virar pra poder se livrar Da influência do jazz

 

 

Marcha da quarta-feira de cinzas

Gm7 Cm7 Gm7 Cm7

Acabou nosso carnaval Ninguém ouve cantar canções

Bm7 E7(9b)

Ninguém passa mais brincando feliz

A7(13) Am7(5b) D7(9b) Gm7 Cm7 D7(#9)

E nos corações, Saudades e cinzas foi o que restou

Gm7 Cm7 Gm7 Cm7

Pelas ruas o que se vê É uma gente que nem se vê

Bm7 E7(9b)

Que nem se sorri, se beija e se abraça

A7(13) Am7(5b) D7(9b) Gm7 Dm7 G#(5+)

E sai caminhando Dançando e cantando cantigas de amor

C7M Cm6 G/B Em7

E no entanto é preciso cantar Mais que nunca é preciso cantar

A7(13) A7(5+) A7 Am7(5b) D7

É preciso cantar e alegrar a cidade

Gm7 Cm7 Gm7 Cm7

A tristeza que a gente tem Qualquer dia vai se acabar

Bm7 E7(9b) A7(13)

Todos vão sorrir, voltou a esperança, É o povo que dança

Am7(5b) D7(9b) Gm7 Dm7 G#(5+)

Contente da vida, feliz a cantar

C7M Cm6 G/B Em7

Porque são tantas coisas azuis E há tão grandes promessas de luz

A7(13) A7(5+) A7 Am7(5b) D7

Tanto amor para amar De que agente nem sa - be

Gm7 Cm7 Gm7 Cm7

Quem me dera viver pra ver E brincar outros carnavais

Bm7 E7(9b) A7(13)

Com a beleza dos velhos carnavais Que marchas tão lindas

Am7(5b) D7(9b) Gm7 Am7(5b) D7(9b) Gm7

E o povo cantando seu canto de paz Seu canto de paz

 

Nada como ter amor

 

A7M A6 G#m7 C#7(9b)

Nada como ter cari - nho

F#m7 A7sus4(9) A7(9b)

Nada como estar perti - nho

D6 G7(9) C#m7 F#m7

Ao se enternecer, bem baixinho assim dizer

B7(13) B7(5+) Bm7 E7(5+)

Só hei de amar você

A7M A6 G#m7 C#7(9b)

Nada como viver jun - to

F#m7 A7sus4(9) A7(9b)

Sempre a se querer e mui - to

D6 G7(9) C#m7 F#m7

Nada como ter alegria de viver

B7(9) Bb7M

E ver o sol aparecer Num sempre novo resplendor

E7sus4(9) E7(9b) A6

E não ter nada como ter amor

[Repete]

 

 

O orvalho vem caindo

Introdução: Bm7(11) E7/B Bm7(11) E7/B

 

Bm7(11) Bb7(#11) A6 A7(5+) D7M F F#m F#m7M F#m7

O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu

F#m6 Bm7 C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A A6

E também vão sumindo as estrelas lá no céu

Bm7 E7(9) C#7(13) C#7(5+) C#m7

Tenho passado tão mal,

F#7(9b) B7(13) B7(5+) Bm7 E7(9b) A6

a minha cama é uma folha de jornal!

Bm7 E7(9) A6

Meu cortinado é o vasto céu de anil

B7sus4(9) B7(9) E7 C(5+) Bm7(11)

E o meu despertador é o guarda-civil, Que o salário ainda não viu

Bb7(#11) A6 A7(5+) D7M F F#m F#m7M F#m7

O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu

F#m6 Bm7 C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A A6

E também vão sumindo as estrelas lá no céu

Bm7 E7(9) C#7(13) C#7(5+) C#m7

Tenho passado tão mal,

F#7(9b) B7(13) B7(5+) Bm7 E7(9b) A6

a minha cama é uma folha de jornal

Bm7 E7 A6

A minha terra dá banana e aipim

B7sus4(9) B7(9) E7 C(5+) Bm7(11)

Meu trabalho é achar quem descasque por mim, Vivo triste mesmo assim

Bb7(#11) A6 A7(5+) D7M F F#m F#m7M F#m7

O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu

F#m6 Bm7 C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A A6

E também vão sumindo as estrelas lá no céu

Bm7 E7(9) C#7(13) C#7(5+) C#m7

Tenho passado tão mal,

F#7(9b) B7(13) B7(5+) Bm7 E7(9b) A6

a minha cama é uma folha de jornal

Bm7 E7(9) A6

A minha sopa não tem osso nem tem sal

B7sus4(9) B7(9) E7 C(5+) Bm7(11)

Se um dia passo bem, dois e três passo mal, Isto é muito natural

Bb7(#11) A6 A7(5+) D7M F F#m F#m7M F#m7

O orvalho vem caindo, vai molhar o meu chapéu

F#m6 Bm7 C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A A6

E também vão sumindo as estrelas lá no céu

Bm7 E7(9) C#7(13) C#7(5+) C#m7

Tenho passado tão mal,

F#7(9b) B7(13) B7(5+) Bm7 E7(9b) A6

a minha cama é uma folha de jornal

C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A6 C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A6

Uma folha de jornal, o orvalho vem caindo

C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A6 C(5+) Cm6 Bm7 E7(9) A6

Uma folha de jornal, mas o salário vem caindo

C(5+) Cm6 Bm7 E7 A6

Uma folha de jornal

 

O X do problema

Introdução: D6/9 F#m7(5b) B7(9b) Gm7 C7(9) F#7(13)

B7(9) E7(13) A7(9) D6/9 Bbm6 D7M

A7(5+) D6/9 Am7 D7(9) G7M

Nasci no Estácio, fui educada na roda de bamba

G6 A7(13)

E fui diplomada na escola de samba

A7(5+) D6/9 A7(5+)

Sou independente, conforme se vê

D6/9 Am7 D7(9) G7M

Nasci no Estácio, o samba é a corda Eu sou a caçamba

Gm6 F#7(13)

E não acredito que haja muamba

B7(9) E7(13) A7(9) D6/9 Bbm6 D7M

Que possa fazer eu gostar de você

F#7(13) F#7(5+) Bm7(9)

Eu sou diretora da escola do Estácio de Sá

E7(13) F#7(13) F#7(5+)

E felicidade maior neste mundo não há

B7sus4(9) B7(9) F#m7(5b) B7(9b)

Já fui convidada para ser estrela

Em7 B7(9) C7(9) F#7(13)

Do nosso cinema Ser estrela é bem fácil

B7(9) E7(13) E7(5+) A7sus4(9) A7(9b) D6/9

Sair do Estácio é que é O "X" do problema

F#m7(5b) B7(9b) Gm7 C7(9)

Já fui convidada para ser estrela Do nosso cinema

F#7(13)

Ser estrela é bem fácil

B7(9) E7(13) E7(5+) A7sus4(9) A7(9b) D6/9 Bbm6 D7M

Sair do Estácio é que é O "X" do problema

A7(5+) D6/9 Am7 D7(9) G7M

Você tem vontade que eu abandone O Largo do Estácio

G6 A7(13)

Pra ser a rainha de um grande palácio

A7(5+) D6/9 A7(5+)

E dar um banquete uma vez por semana

D6/9 Am7 D7(9) G7M

Nasci no Estácio, Não posso mudar minha massa de sangue

Gm6 F#7(13)

Você pode crer que palmeira do Mangue

B7(9) E7(13) A7(9) D6/9 Bbm6 D7M

Não vive na areia de Copacabana

F#7(13) F#7(5+) Bm7(9)

Eu sou diretora da escola do Estácio de Sá

E7(13) F#7(13) F#7(5+)

E felicidade maior neste mundo não há

B7sus4(9) B7(9) F#m7(5b) B7(9b)

Já fui convidada para ser estrela

Em7 B7(9) C7(9) F#7(13)

Do nosso cinema Ser estrela é bem fácil

B7(9) E7(13) E7(5+) A7sus4(9) A7(9b) D6/9

Sair do Estácio é que é O "X" do problema

F#m7(5b) B7(9b) Gm7 C7(9)

Já fui convidada para ser estrela Do nosso cinema

F#7(13) B7(9) E7(13) E7(5+) A7sus4(9)

Ser estrela é bem fácil Sair do Estácio é que é

A7(9b) D6/9 Bbm6 D7M

O "X" do problema

Bbm6 D6/9 Bbm6 D7M Bbm6 D6/9 Bbm6 D7M

[SOLO]

 

Pobre menina rica

 

C7M9 C6/9 Db6/Ab Db7M

Eu acho que quem me vê, crê

C7M Gm7(9) C7(9) C7(9b)

Que eu sou feliz, feliz só porque

F7M Bb7(9) G7(9b)

Tenho tudo quanto exis - te

Em7 Eb7 Ab7M Db7M

Pra não ser infeliz

C7M9 C6/9 Db6/Ab Db7M

Pobre menina tão ri - ca

C7M Gm7(9) C7(9) C7(9b)

Que triste você fica se vê

F7M Bb7(9) G7(9b)

Um passarinho em liberda - de

Em7 Am7 Gm7(9) C7(9) C7(9b)

Indo e vindo à vontade, na tar - de

F7M Bb7(9)

Você tem mais do que eu

Ab7M Db7M

Passarinho, do que a menina

Dm7 G7(5+) C7M

Que é tão rica e nada tem de seu

 

 

Saudade fez um samba

D7M F Em7(9) A7(9b)

Deixa que meu samba sabe tudo sem você

D7M F Em7(9) A7(9b)

Não acredito que meu samba só dependa de você

Am7 D7(9) G7M C#m7

A dor é minha em mim doeu, A culpa é sua, o samba é meu

F#7(5+) Bm7 F(5+)

Então não vamos mais brigar

Em7(9) A7(9b) F#m7(5b) B7(9b)

Saudade fez um samba, saudade fez um samba

E7(9) A7sus4(9) A7(9b) G#m7(5b)

Fez um samba em seu lugar

Gm6 D/F# F Em7 Eb7M D7M

[SOLO]

[Repete]

 

 

 

Se é tarde, me perdoa

 

F7M Bb7(9) F7M Bb7(9)

Se é tarde, me perdoa

F7M A7(5+)

Mas eu não sabia que você sabia

Bb7M Am7 D7(9b)

Que a vida é tão boa

Gm7 A7(5+) Dm7

Se é tarde, me perdoa

G7

Eu cheguei partindo, eu cheguei mentindo

C7sus4(9) C7(9b)

Eu cheguei à toa

F7M Bb7(9) F7M Bb7(9)

Se é tarde, me perdoa

F7M A7(5+)

Trago desencantos, de amores tantos

Bb7M Am7 D7(9b)

Pela madrugada

Gm7 Bbm6 Am7 Abm7

Se é tarde, me perdoa

Gm7 C7(9b) F6

Eu vinha só, cansado