Até Segunda-Feira
Tom: E

E                 F#m7             G#m7
Sei que a noite inteira eu vou cantar
C#m7/9         F#m7
Até segunda feira
    B7/9             F#    C7/9-  B7/9-
quando volto a trabalhar, morena
E            F#m7              G#m7
Sei que não preciso me inquietar
C#m7/9       F#m7
Até segundo aviso
        B7/9        E7+/9
Você prometeu me amar
           Am              B7          Em
Por isso eu conto a quem encontro pela rua
     Am7      D7/9     G
Que meu samba é seu amigo
   B7/9-   E7      Am
Que a minha casa é sua
      D7/9             G
Que meu peito é seu abrigo
      B7            Em
Meu trabalho, seu sossego
      G          C
Seu abraço, seu emprego
      B7                Em
Quando chego no meu lar, morena

Vai Passar
Tom: G
Intro: G G6 G7+
A/G D7 G           F#7            Bm     Bbo     Am  E7
Vai passar nessa avenida um samba po.....pu......lar
Am5+       Am6         Am7     Am7+            D7         Bm   E7 Am D7
Cada paralelepípedo da velha cidade essa noite vai se arrepiar
A7  D7  G7                          C    C#o
Ao lembrar que aqui passaram sambas imortais
                        G       F7
Que aqui sangraram pelos nossos pés
            E7           A7     Am5-/7  D7
Que aqui sambaram nossos ancestrais 
     Gm                             F/A                         A7
Num tempo página infeliz da nossa história, passagem desbotada na memória
                      D7
Das nossas novas gerações 
   G7                             Cm                              A7
Dormia a nossa pátria mãe tão distraída sem perceber que era subtraída
                    F7
Em tenebrosas transações
     Bb                         Dm                                   G7
Seus filhos erravam cegos pelo continente, levavam pedras feito penitentes
                       Cm    G7
Erguendo estranhas catedrais
     Cm      Fm                             Dm       G7
E um dia, afinal, tinham o direito a uma alegria fugaz
                C7    Cm       F7         Bb         D7           G
Uma ofegante epidemia que se chamava carnaval, o carnaval, o carnaval
                                D/F# 
Vai passar, palmas pra ala dos barões famintos
                F7+      E7     F7+     E7         Am     E7
O bloco dos napoleões retintos e os pigmeus do boulevard
    Am          Cm                           G       Bm   E7
Meu Deus, vem olhar, vem ver de perto uma cidade a cantar
                   A7    Am   D7      G7
A evolução da liberdade até o dia clarear
           Cm       C#o              Gm    
Ai que vida boa, o lelê, ai que vida boa, o lalá
           Am5-/7     D7     G         G7
O estandarte do sanatório geral vai passar
            Cm      C#o              Gm
Ai que vida boa, o lelê, ai que vida boa, o lalá
           Am5-/7    D7      G         D7
O estandarte do sanatório geral vai passar ....


Carolina
Tom: C
Intro: C F Fm Am D7 Dm G7 C
    C7+                  E7/4  E7      Am7         G/A     A7        Dm
Carolina, nos seus olhos fundos guarda tanta dor, a dor de todo esse mundo
   G7/4                  G7                C7+
Eu já lhe expliquei, que não vai dar, seu pranto não vai nada ajudar
   C/D         D7            Dm7                 F/G
Eu já convidei para dançar, é hora, já sei, de aproveitar
          C7+             E7/4 E7             Am7               Gm7  C7
Lá fora, amor, uma rosa nasceu, todo mundo sambou, uma estrela caiu
   F7+         Fm6    C7+   Am7                 F/G
Eu bem que mostrei sorrindo pela janela, ai que lindo
G7               C  ( INT )
Mas Carolina não viu
    C7+                  E7/4 E7        Am7             G/A    A7        Dm7
Carolina, nos seus olhos tristes, guarda tanto amor, o amor que já não existe
   G7/4             G7            C7+          
Eu bem que avisei, vai acabar, de tudo lhe dei para aceitar
     C/D              D7           Dm7            G7
Mil versos cantei pra lhe agradar, agora não sei como explicar
   C7+                     E7/4 E7          Am7                  Gm7  C7
Lá fora, amor, uma rosa morreu, uma festa acabou, nosso barco partiu
   F7+          Fm6    C7+   Am7              F/G       G7            C  C/Bb
Eu bem que mostrei a ela, o tempo passou na janela e só Carolina não viu
   F7+        Fm6    C7+     A7                F/G        G7            C
Eu bem que mostrei a ela , o tempo passou na janela e só Carolina não viu


Noite dos Mascarados
Tom: C
C          E            Bm5-/7     E7   Am
Quem é você, adivinha se gosta    de mim
              F#m5-/7  B7     Em             C#m5-/7          F#7      Dm    G7
Hoje os dois mascara...dos procuram seus namorados perguntando assim
C          E            Bm5-/7       E7         Am
Quem é você, diga logo que eu quero saber o seu jogo
              F#m5-/7  B7     Em             C#m5-/7          F#7      Dm    G7
Que eu quero morrer no seu bloco, que eu quero me arder no seu fogo
    C                E
Eu sou seresteiro, poeta e cantor
   Gm          A7      Dm
O meu tempo inteiro só zombo do amor
   Em             G7       Cm
Eu tenho um pandeiro, só quero um violão
    D                     Fm            G7
Eu nado em dinheiro, não tenho um tostão
    C                 E
Fui porta-estandarte, não sei mais dançar
   Gm          A7       Dm
Eu, modéstia à parte, nasci prá sambar
   Em             G7       Cm
Eu sou tão menina, meu tempo passou
D               Fm            G7
Eu sou colombina, eu sou pierrô
     C       E
Mas é carnaval, não me diga mais quem é você
                                                                     G7
Amanhã tudo volta ao normal, deixa a festa acabar, deixa o barco correr
              C               E              Bm5-/7   E7    A7
Deixa o dia raiar que hoje eu sou da maneira que vo...cê me quer
             D7   G7     C          A7      D7
O que você pedir  eu lhe dou, seja você quem for
           G7       E7          A7      D7             G7      C
Seja o que Deus quiser, seja você quem for, seja o que Deus quiser


Bye, Bye, Brasil 
Tom: Em 
Intro: C/D  B7/9- 
Em 
Oi ,coração 
            A4/7       A7 
Não dá pra falar muito não 
          D7+ 
Espera passar o avião 
              F#m7 
Assim que o inverno passar 
B7/9-       Em 
Eu acho que vou te buscar 
          A4/7 
Aqui tá fazendo calor 
A7           Am 
Deu pane no ventilador 
            C/D 
Já tem fliperama em Macau 
            G7+               F#7 
Tomei a costeira em Belém do Pará 
 B7+                 G#m7 
Puseram uma usina no mar 
  Am                      C/D 
Talvez fique ruim pra pescar 
    F#m7 B7/9- 
Meu amor 
  
Em 
No Tocantins 
            A4/7    A7 
o chefe dos Parintintins 
          D7+ 
vidrou na minha calça Lee 
          F#m7 
Eu vi uns patins prá você 
B7/9-        Em 
Eu vi um Brasil na tevê 
             A4/7 
Capaz de cair um toró 
A7          Am 
Estou me sentindo tão só 
C/D             G#7+ 
Oh! tenha dó de mim 
   G7+               C7/9 
Pintou uma chance legal 
   F#m7            Bm7 
um lance lá na capital 
    G#m7            C#7 
Nem tem que ter ginasial 
      F#7+  B7/9- 
Meu amor 
  
Em 
No Tabaris 
            A4/7        A7 
o som é que nem os Bee Gees 
               D7+ 
Dancei com uma dona infeliz 
            F#m7 
que tem um tufão nos quadris 
B7/9-      Em 
Tem um japonês atrás de mim 
             A4/7 
Eu vou dar um pulo em Manaus 
A7        Am 
Aqui tá quarenta e dois graus 
            C/D 
O sol nunca mais vai se pôr 
          G7+                 F#7 
Eu tenho saudades da nossa canção 
  B7+               G#m7 
Saudades de roça e sertão 
Am                    C/D 
Bom mesmo é ter um caminhão 
     F#m7 B7/9- 
Meu amor 
Em 
Baby  bye, bye 
          A4/7       A7 
Abraços na mãe e no pai 
           D7+ 
Eu acho que vou desligar 
           F#m7 
As fichas já vão terminar 
B7/9-           Em 
Eu vou me mandar de trenó 
        A4/7         A7 
pra Rua do Sol, Maceió 
             Am 
Peguei uma doença em Ilhéus 
C/D             G#7+ 
Mas já estou quase bom 
 G7+               C7/9 
Em março vou pro Ceará 
    F#m7              Bm7 
Com a bênção do meu Orixá 
 G#m7               C#7 
Eu acho bauxita por lá 
     F#7+  B7/9- 
Meu amor 
Em 
Bye,bye Brasil 
        A4/7     A7 
A última ficha caiu 
                  D7+ 
Eu penso em vocês night and day 
              F#m7 
Explica que tá tudo OK 
B7/9-       Em 
Eu só ando dentro da Lei 
              A4/7      A7 
eu quero voltar podes crer 
            D7+ 
eu vi um Brasil na TV 
              F#m7 
Peguei uma doença em Belém 
B7/9-     Em 
Agora já tá tudo bem 
       A4/7          A7 
Mas a ligação está no fim 
               D7+ 
Tem um japonês atrás de mim 
            F#m7 
Aquela aquarela mudou 
B7/9-          Em 
Na estrada peguei uma cor 
           A4/7    A7 
Capaz de cair um toró 
             D7+ 
estou me sentindo um jiló 
           F#m7 
Ee tenho tesão é no mar 
B7/9-        Em 
Assim que o inverno passar 
           A4/7        A7 
Bateu uma saudade de ti 
                  D7+ 
Estou a fim de encarar um siri 
                 F#m7 
Com a bênção do Nosso Senhor 
B7/9-        Em 
O sol nunca mais vai se pôr 

Partido Alto 
Tom: E
Versão: Chico Buarque - Ao vivo Paris Le Zenith 
E                     A                    E   A           E        A 
Diz que deu, diz que Deus, diz que Deus dará,   não vou duvidar, ô nega 
              E      A                G#7       C#m 
E se Deus não dá,    como é que vai ficar,   ô nega? 
                     E   A              E    A 
Diz que deu, diz que dá,  e se Deus  negar, ô nega 
            G#7       C#m            A         E 
Eu vou me indignar e chega,  Deus dará, Deus dará 
E 
Deus é um cara gozador, adora brincadeira 
                    Bm7             E7          A 
Pois prá me jogar no mundo, tinha o mundo inteiro 
                    A#               E 
Mas achou muito engraçado me botar cabreiro 
      C#m       #m         B 
Na barriga da miséria nasci brasileiro 
E                   A 
Eu sou do Rio de Janeiro 
E                    A                    E   A             E       A 
Diz que deu, diz que Deus, diz que Deus dará,   não vou duvidar, ô nega 
              E   A                  G#7           C#m 
E se Deus não dá,    como é que vai ficar,   ô nega? 
                     E   A              E       A 
Diz que deu, diz que dá,  e se Deus  negar, ô nega 
               G#7      C#m         A           E 
Eu vou me indignar e chega,  Deus dará, Deus dará 
E 
Jesus Cristo ainda me paga, um dia ainda me explica 
                  Bm7                 E7      A 
Como é que pôs no mundo essa pouca titica 
                     A#               E 
Vou correr o mundo afora, dar uma canjica 
       C#m                 F#m                B 
Que prá ver se alguém me embala ao ronco da cuíca 
E                        A 
E aquele abraço prá quem fica 
E                    A                    E   A             E       A 
Diz que deu, diz que Deus, diz que Deus dará,   não vou duvidar, ô nega 
               E   A               G#7           C#m 
E se Deus não dá,    como é que vai ficar,   ô nega? 
                     E   A             E          A 
Diz que deu, diz que dá,  e se Deus  negar, ô nega 
               G#7     C#m        A             E 
Eu vou me indignar e chega,  Deus dará, Deus dará
E
Deus me fez um cara fraco, desdentado e feio 
                   Bm7          E7       A 
Pele e osso simplesmente, quase sem recheio 
                                    A#      E 
Mas se alguém me desafia e bota a mãe no meio 
       C#m             F#m             B 
Dou pernada a três por quatro e nem me despenteio 
E                      A 
Que eu já tô de saco cheio 
E                     A                   E   A           E        A 
Diz que deu, diz que Deus, diz que Deus dará,   não vou duvidar, ô nega 
               E    A               G#7           C#m 
E se Deus não dá,    como é que vai ficar,   ô nega? 
                    E   A             E         A 
Diz que deu, diz que dá,  e se Deus  negar, ô nega 
              G#7       C#m         A          E 
Eu vou me indignar e chega,  Deus dará, Deus dará 
E 
Deus me deu mão de veludo prá fazer carícia 
                   Bm7         E7      A 
Deus me deu muita saudade e muita preguiça 
                     A#                E 
Deus me deu perna cumprida e muita malícia 
      C#m           F#m           B 
Prá correr atrás da bola e fugir da polícia 
E                 A 
Um dia ainda sou notícia 
E                   A                      E   A           E         A 
Diz que deu, diz que Deus, diz que Deus dará,   não vou duvidar, ô nega 
             E    A                G#7           C#m 
E se Deus não dá,    como é que vai ficar,   ô nega? 
                     E   A             E             A 
Diz que deu, diz que dá,  e se Deus  negar, ô nega 
               G#7       C#m         A         E 
Eu vou me indignar e chega,  Deus dará, Deus dará 
Olê, Olá 
Tom: Am 
Intro: Am E7/9

Am                           Am7b      F   C3b Dm
Não chore ainda não que eu tenho um violão
  Em7/b Bm5-/7 Am  E7/9
E nós vamos cantar
            Am     Am7b        F     C3b Dm
Felicidade aqui pode passar e ouvir 
    Dm7b  Bm5-/7  Am                A#7+  E7 Am F7
E se ela for de samba há de querer ficar
                  A#           F#7           B
Seu padre toca o sino que é pra todo mundo saber 
                 G7                    C
Que a noite é criança, que o samba é menino
                  G#7            C#
Que a dor é tão velha que pode morrer
   Dm4/7 G7  C6
Olê olê olê olá
               Dm7              Em7
Tem samba de sobra, quem sabe sambar
               F7                 A#6
Que entre na roda, que mostre o gingado
             E7               Am
Mas muito cuidado, não vale chorar


                Am          Am7b      F     C3b Dm
Não chore ainda não que eu tenho uma razão
 Dm7b    Bm5-/7 Am  E7/9+
Pra você não chorar
           Am            Am7b   F   C3b Dm
Amiga me perdoa se eu insisto à toa
  Dm7b Bm5-/7 Am             A#7+  E7 Am F7
Mas a vida é boa para quem cantar
                  A#        F#7                B
Meu pinho, toca forte que é pra todo mundo acordar
             G7                 C
Não fale da vida , nem fale da morte
            G#7               C#
Tem dó da menina, não deixa chorar
   Dm4/7 G7  C6
Olê olê olê olá
               Dm7              Em7
Tem samba de sobra, quem sabe sambar
               F7                 A#6
Que entre na roda, que mostre o gingado
             E7               Am
Mas muito cuidado, não vale chorar


                 Am         Am7b       F    C3b Dm
Não chore ainda não que eu tenho a impressão
       Dm7 Bm5-/7 Am E7/9+
Que o samba vem aí
                 Am   Am7b              F     C3b Dm
É um samba tão imenso que eu às vezes penso 
       Dm7b    Bm5-/7 Am           A#7+ E7 Am F7
Que o próprio tempo vai parar pra ouvir
                 A#         F#                      B
Luar, espere um pouco que é pra o meu samba poder chegar
                G7                     C
Eu sei que o violão está fraco, está rouco
            G#7                 C#
Mas a minha voz não cansou de chamar
   Dm4/7 G7  C6
Olê olê olê olá
               Dm7                 Em7
Tem samba de sobra, ninguém quer sambar
                  F7               A#6
Não há mais quem cante nem há mais lugar
             G7               C
O sol chegou antes do samba chegar
                F7              A#
Quem passa nem liga, já vai trabalhar
                E7              Am
E você, minha amiga, já pode chorar 
Funeral de um Lavrador
Tom: Am
Intro: (50-42-50-42-40-42-53-50) 2x
Am                 F  E7            Am
Esta cova em que estás com palmos medida
            F                  Am
É a conta menor que tiraste em vida
            F                  Am
É de bom tamanho nem largo nem fundo
                  F        E7   Am
É a parte que te cabe deste latifúndio
             F    E7        Am
Não é cova grande, é cova medida
                  F   E7    Am
É a terra que querias ver dividida
             F                    Am
É uma cova grande pra teu pouco defunto
                 F   E7             Am
Mas estás mais ancho que estavas no mundo
              F     E7             Am
É uma cova grande pra teu defunto parco
                   F       E7       Am
Porém mais que no mundo te sentirás largo
             F   E7             Am
É uma cova grande pra tua carne pouca
             F   E7             Am
Mas a terra dada, não se abre a boca
           F         E7        Am
É a conta menor que tiraste em vida
                  F    E7      Am
É a parte que te cabe deste latifúndio
                 F    E7     Am
É a terra que querias ver dividida
               F        E7        Am
Estarás mais ancho que estavas no mundo
             F         E7      Am9
Mas a terra dada não se abre a boca
Sem Açúcar
Tom: Am
Intro: C Am F G
Am                Bb/A                  B/A      E7/G#
Todo dia ele faz diferente, não sei se ele volta da rua
     G6       F#7        F#/E              G#m5-/7     C#7  F#m
Não sei se me traz um presente, não sei se ele fica na sua
F#m/E     D7+       C#m7                F#7     Bm5-/7
Talvez ele chegue sentido, quem sabe me cobre de beijos
                G7        A                F/A          Am   Am/G F7+ E7
Ou nem me desmancha o vestido, ou nem me adivinha os desejos
Am                Bb/A              B/A      E7/G#
Dia ímpar tem chocolate, dia par eu vivo de brisa
     G6   F#7    F#/E      G#m5-/7     C#7  F#m
Dia útil ele me bate, dia santo ele me alisa
F#m/E          D7+     C#m7              F#7     Bm5-/7
Longe dele eu tremo de amor, na presença dele me calo
           G7      A                F/A        Am   Am/G F7+ E7
Eu de dia sou sua flor, eu de noite sou seu cavalo
Am                Bb/A              B/A           E7/G#
A cerveja dele é sagrada, a vontade dele é a mais justa
   G6     F#7    F#/E B/D#   G#m5-/7     C#7  F#m
A minha paixão é piada, sua risada me assusta
   F#m/E   D7+  C#m7                F#7     Bm5-/7
Sua boca é um cadeado e meu corpo é uma fogueira
                G7   A            F/A           Am   Am/G F7+ E7
Enquanto ele dorme pesado eu rolo sozinha na esteira
            F/A         Am   Am/G F7+ E7
E nem me adivinha os desejos
            F/A       Am   Am/G F7+ E7
Eu de noite sou seu cavalo
          F/A         Am   Am/G F7+ E7
Eu rolo sozinha na esteira

Vence na Vida quem diz Sim
Tom: F#
Intro: [E B/E C#m A] C#
F#        B            F#  C#4 C#
Vence na vida quem diz sim
F#        B            F#  C#4 C#
Vence na vida quem diz sim
 F#           B
Se te dói o corpo, diz que sim
 F#             C#4   C#
Torcem mais um pouco, diz que sim
 F#           B
Se te dão um soco, diz que sim
 F#           C#4   C#
Se te deixam louco, diz que sim
F#                 B                 D#m
Se te tratam no chicote, babam no cangote
                           G#m      C#       D
Baixa o rosto e aprende o mote, olha bem pra mim
 A         D            A  D/E
Vence na vida quem diz sim
 A         D            A  D/E
Vence na vida quem diz sim
 A             D/E
Se te mandam flores, diz que sim
 A              D/E
Se te dizem horrores, diz que sim
 A            D/E
Mandam pra cozinha, diz que sim
 A            E/E
Chamam pra caminha, diz que sim
 A              D                   F#m
Se te chamam vagabunda, montam na cacunda
                Bm          E       A
Se te largam moribunda olha bem pra mim
 A         D            A  D/E
Vence na vida quem diz sim
 A         D            A  D/E
Vence na vida quem diz sim
 A             D
Se te erguem a taça, diz que sim
 A             D/E
Se te xingam a raça, diz que sim
 A              D
Se te culpam a alma, diz que sim
 A            D/E
Se te pedem calma, diz que sim
 A                      D                F#m
Se já estás virando um caco, vives num buraco
              Bm           E       A
E se é do balacobaco olha bem pra mim
 A         D            A  D/E
Vence na vida quem diz sim
 A         D            A  D/E
Vence na vida quem diz sim
Dueto
Tom: F
Intro: Fm/C G7/B Ab G5+/7 Bb/C C7/9-
F/A         E/G#       F/A          E/G#
Consta nos astros, nos signos, nos búzios
   Dm/F     F#       C7/G    G#    Am5-/7       F#     Em5-/7       A7
Eu li num anúncio, eu vi no espelho, tá lá no evangelho, garantem os orixás
  Dm         G7/13 Bb/C            C7/9-
Serás o meu amor, serás a minha paz
F/A         E/G#       F/A        E/G#
Consta nos autos, nas bulas, nos dogmas
  Dm/F      F#     C7/G      G#   Am5-/7    F#       Em5-/7   A7
Eu fiz uma tese, eu li num tratado, está computado nos dados oficiais
  Dm         G7/13  Cm7         F7/13
Serás o meu amor, serás a minha paz
Bb7+               Bm5-/7       E7/9-   Am       Am7+    Am7     Am6
Mas se a ciência provar o contrário, e se o calendário nos contrariar
G7/13              G5+/7  E7         Bb/C
Mas se o destino insistir em nos separar
F/A           E/G#                 F/A
Danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas
     E/G#               Dm/F                F#
Os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetos
   C7/G                G#
Profetas, sinopses, espelhos, conselhos
  Am5-/7     F#      Em5-/7     A7
Se dane o evangelho e todos os orixás
  Dm        G7/13  Bb/C       C7/9- Fm/C G7/B Fm/C G7/B Ab G5+/7 Bb/C
Serás o meu amor, serás a minha paz
 F/A       E/G#      F/A       E/G#     Dm/F      F#
Consta na pauta, no Karma, na carne, passou na novela
C7/G       G#   Am5-/7     F#   Em5-/7           A7
Está no seguro, pixaram no muro, mandei fazer um cartaz
Dm          G7/13   Cm7          F7/13
Serás o meu amor, serás a minha paz
Bb7+               Bm5-/7       E7/9-   Am       Am7+    Am7     Am6
Mas se a ciência provar o contrário, e se o calendário nos contrariar
G7/13              G5+/7  E7         Bb/C
Mas se o destino insistir em nos separar
F/A           E/G#                 F/A
Danem-se os astros, os autos, os signos, os dogmas
     E/G#               Dm/F                F#
Os búzios, as bulas, anúncios, tratados, ciganas, projetos
   C7/G                G#
Profetas, sinopses, espelhos, conselhos
  Am5-/7     F#      Em5-/7     A7
Se dane o evangelho e todos os orixás
  Dm        G7/13  Bb/C          C7/9- Fm/C G7/B Fm/C G7/B Ab G5+/7 Bb/C
Serás o meu amor, serás amor a minha paz
Fm/C        G7/B       Fm/C         G7/B Ab G5+/7 Bb/C
Consta nos mapas, nos lábios, nos lápis
Fm/C        G7/B       Fm/C      G7/B Ab G5+/7 Bb/C
Consta nos Ovnis, no Pravda, na vodca
Não Sonho Mais
Tom:  E
E                  G#m           C#m
Hoje eu sonhei contigo, tanta desdita, amor nem te digo
         F#                 B7            E
Tanto castigo que eu tava aflita de te contar
                G#m                 C#m
Foi um sonho medonho desses que às vezes a gente sonha
            F#                B7            E
E baba na fronha, e se urina toda e quer sufocar
C#m            G#                 C#m
Meu amor vi chegando um trem de candango
              C#7                   F#        B7              E7
Formando um bando mas que era um bando de orangotango pra te pegar
C#m            C#                 C#m            C#7
Vinha nego humilhado, vinha morto-vivo, vinha flagelado
               F#                 B7             E
De tudo que é lado vinha um bom motivo pra te esfolar
                  G#m           C#m           
Quanto mais tu corria mais tu ficava, mais atolava
           F#              B7                E
Mais te sujava, amor, tu fedia, empesteava o ar
                  G#m              C#m
Tu que foi tão valente chorou pra gente, pediu piedade
               F#              B7           E
E, olha que maldade, me deu vontade de gargalhar
C#m          G#                 C#m                  C#7
Ao pé da ribanceira acabou-se a liça e escarrei-te inteira
         F#              B7             E
A tua carniça e tinha justiça nesse escarrar
C#m            G#                C#m             C#7
Te rasgamo a carcaça, descendo a ripa, viramo as tripas
            F#                 B7             E
Comendo os ovos, ai, e aquele povo pôs-se a cantar
               G#m                  C#m
Foi um sonho medonho desses que às vezes a gente sonha
            F#                B7              E
E baba na fronha e se urina toda e já não tem paz
                G#m             C#m
Pois eu sonhei contigo e caí da cama
                                   F#
Ai, amor, não briga, ai, não me castiga
                B7                 E  E7/9+
Ai, diz que me ama e eu não sonho mais
O Meu Amor
Tom: Gm
Intro: Cm7/9 Eb7/9 Dm7/9 Eb7/9
Gm D/F# Fm7 Eb6/9  Ab7+                F/A
O meu amor tem um jeito manso que é só seu
                Ab/Bb Bb7               B
E que me deixa louca quando me beija a boca
                              Ab7+/C
A minha pele inteira fica arrepiada
Cm6             Eb/F        
E me beija com calma e fundo
         F7/9             Bb7/9   D7
Até minh'alma se sentir beijada, ai
Gm D/F# Fm7 Eb6/9  Ab7+                F/A
O meu amor tem um jeito manso que é só seu
                    Ab/Bb   Bb7               B
Que rouba os meus sentidos, viola os meus ouvidos
                               Ab7+/C
Com tantos segredos lindos e indecentes
Cm6             Eb/F              F7/9      
Depois brinca comigo, ri do meu umbigo
               Bb7/9  D7
E me crava os dentes, ai
G           D/F#                  Dm7    G7
Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Cm7  F7         Bb7+              Bbm6 Abm6 Gm
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz
   D/F# Fm7 Eb6/9  Ab7+                F/A
O meu amor tem um jeito manso que é só seu
             Ab/Bb   Bb7               B
De me deixar maluca quando me roça a nuca
                               Ab7+/C
E quase me machuca com a barba malfeita
Cm6             Eb/F                F7/9      
E de pousar as coxas entre as minhas coxas
              Bb7/9  D7
Quando ele se deita, ai
Gm D/F# Fm7 Eb6/9  Ab7+                F/A
O meu amor tem um jeito manso que é só seu
             Ab/Bb   Bb7               B
De me fazer rodeios, de me beijar os seios
                               Ab7+/C
Me beijar o ventre e me deixar em brasa
Cm6             Eb/F                F7/9      
Desfruta do meu corpo como se o meu corpo 
            Bb7/9  D7
Fosse a sua casa, ai
G           D/F#                  Dm7    G7
Eu sou sua menina, viu? E ele é o meu rapaz
Cm7  F7         Bb7+              Bbm6 Abm6 Gm
Meu corpo é testemunha do bem que ele me faz
Tatuagem
Tom: E7+
E7+                  F#m7          G#m7
Quero ficar no teu corpo feito tatuagem
C#7/9-             F#7/13             B7/9
Que é pra te dar coragem pra seguir viagem
                E7+ B7
Quando a noite vem
    A7+             A#    D#7/9     G#m7 C#7/9-
E também pra me perpetuar em tua escrava
          F#7/13         B7/9-          E7+
Que você pega, esfrega, nega, mas não lava
                       F#m7           G#m7 C#7/9-
Quero brincar no teu corpo feito bailarina
               F#7/13               B7/9
Que logo te alucina, salta e te ilumina
                E7+ B7
Quando a noite vem
   A7+            A#    D#7/9-  G#m7 C#7/9-
E nos músculos exaustos do teu braço
            F#7/13               B7/9-      E7+
Repousar frouxa, murcha, farta, morta de cansaço
                   F#m7             G#m7 C#7/9-
Quero pesar feito cruz nas tuas costas
                    F#7/13               B7/9
Que te retalha em postas mas no fundo gostas
                E7+ B7
Quando a noite vem
 A7+          A#      D#7/9-       G#m7  C#7/9-
Quero ser a cicatriz risonha e corrosiva
           F#7/13          B7/9-
Marcada a frio, a ferro e fogo
           E7+ B7
Em carne viva
 A7+          A#    D#7/9-
Corações de mães, arpões
              G#m7  C#7/9-
Sereias e serpentes
           F#7/13        B7/9-
Que te rabiscam o corpo todo
          E7+
Mas não sentes...

Teresinha
Tom: F#m
Intro: F#m F#/E B/D# Bm/D C#7 F#m
 F#m            F#/E                    B/D#
O primeiro me chegou como quem vem do florista
  Bm/D               C#4/7              C#7        F#m
Trouxe um bicho de pelúcia, trouxe um broche de ametista
    D7+           D#          A/E             C#7
Me contou suas viagens e as vantagens que ele tinha
      A            A#         G#7        C#7
Me mostrou o seu relógio, me chamava de rainha
      A/G           D/F#        Dm/F       F#7
Me encontrou tão desarmada que tocou meu coração
      F#/E         B/D#       Bm/D        C#7  F#m
Mas não me negava nada, e assustada, eu disse não
 F#m           F#/E                    B/D#
O segundo me chegou como quem chega do bar
          Bm/D        C#4/7        C#7        F#m
Trouxe um litro de aguardente tão amarga de tragar
    D7+         D#       A/E           C#7
Indagou o meu passado e cheirou minha comida
      A            A#       G#7        C#7
Vasculhou minha gaveta me chamava de perdida
      A/G           D/F#        Dm/F         F#7
Me encontrou tão desarmada que arranhou meu coração
      F#/E           B/D#       Bm/D        C#7  F#m
Mas não me entregava nada, e assustada, eu disse não
 F#m            F#/E                    B/D#
O terceiro me chegou como quem chega do nada
  Bm/D            C#4/7        C#7      F#m
Ele não me trouxe nada também nada perguntou
    D7+              D#        A/E             C#7
Mal sei como ele se chama mas entendo o que ele quer
      A             A#       G#7      C#7
Se deitou na minha cama e me chama de mulher
      A/G       D/F#       Dm/F               F#7
Foi chegando sorrateiro e antes que eu dissesse não
      F#/E              B/D#    Bm/D    C#7  F#m
Se instalou feito um posseiro dentro do meu coração

Será que Cristina Volta?
Tom: E
Intro: A A# E C#7 F#7 B7 E E7 A Am E C#7 F#7 B7 E B7
 E                  F#7   B7       G#7     C#m
Será que Cristina volta, será que fica por lá
 E                    D#m                 G#7           A
Será que ela não se importa de bater na porta pra me consolar
                G#7                     C#7
Noite dia me pergunto, meu assunto é perguntar
 F#7                      B7
Será que Cristina volta, sei lá se ela quer voltar
 E                  F#7   B7       G#7     C#m
Será que Cristina volta, será que fica por lá
 E                C#m    E         D#m                 A
Cheio de saudades suas procuro nas ruas quem saiba informar
 C#7                F#7          B7             E7
Uns sorrindo fazem pouco, outros me tomam por louco
         G#7         C#7                      F#m   B7
Outros passam tão depressa que não podem me escutar
 E                  F#7   B7       G#7     C#m
Será que Cristina volta, será que ela vai gostar
 E                       D#m               G#7                 A
Será que nas horas mais frias das noites vazias não pensa em voltar?
               C#7                   F#7
Será que vem ansiosa, será que vem devagar
 A          A#     E     C#7        F#7    B7       E
Será que Cristina volta, será que Cristina fica por lá...
Você vai me Seguir
Tom: D
D            G6/7/9 F#m7             Fm6/5+
Você vai me seguir aonde quer que eu vá
 Em           C6/9  G6/B          A#
Você vai me servir, você vai se curvar
D           G6/7/9 F#m7            Fm6/5+
Você vai resistir, mas vai se acostumar
 Em           C6/9  G6/B          A#
Você vai me agredir, você vai me adorar
 Am4/7        D7     G7+          Gm7    C7/9
Você vai me sorrir, você vai se enfeitar
  F7+      F#m7
E vem me seduzir
B7       E         A7
Me possuir, me infernizar
  D          E      F#m7       Fm6/5+
Você vai me trair, você vem me beijar
 Em          C6/9   G3b       C#7/G# C#7
Você vai me cegar e eu vou consentir
 F#m7        B7      Em         Gm7   C7/9
Você vai conseguir enfim me apunhalar
 F#m7         B7/9-  E7             A7
Você vai me velar, chorar, vai me cobrir
      D9        D9/B     D9/C      D9/Bb   D9/A
E me ninar, me ninar, me ninar, me ninar, menina, menina...
Joana Francesa
Tom: Em5-/7
Intro: C Am F G
Em5-/7           A7
Tu ris, tu mens trop
Em5-/7                A7
Tu pleures, tu meurs trop
 Bb7+       F6/A
Tu as le tropique
        Fm6/Ab        G7 F6/A G7/B
Dans le sang et sur la peau
Cm7        Eb7+        Abm6 G13-
Geme de loucura e de torpor
Cm7/9       F13
Já é madrugada
 Bb7+                    F13/9-   G
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda
Em5-/7      A7
Mata-me de rir
Em5-/7      A7
Fala-me de amor
 Bb7+       F6/A
Songes et mensonges
        Fm6/Ab       G7 F6/A G7/B
Sei de longe e sei de cor
Cm7        Eb7+      Abm6 G13-
Geme de prazer e de pavor
Cm7/9       F13
Já é madrugada
 Bb7+                    F13/9-   G
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda
Gb7+           F13-
Vem molhar meu colo
       Bbm7     Bbm9/Ab 
Vou te consolar
Gb7+        F13-
Vem, mulato mole
      Bbm7          Bbm9/Ab
Dançar dans mes bras
Gb7+         F13-
Vem, moleque me dizer
    Ebm7/Ab     Ab/Gb
Onde é que está
           Fm5-/7
Ton soleil, ta braise
Em5-/7        A7
Quem me enfeitiçou
Em5-/7          A7
O mar, marée, bateau
 Bb7+     F6/A
Tu as le parfum
        Fm6/Ab    G7 F6/A G7/B
De la cachaça e de suor
Cm7        Eb7+        Abm6 G13-
Geme de preguiça e de calor
Cm7/9       F13
Já é madrugada
 Bb7+                    F13/9-   G
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda
 Bb7+                    F13/9-   Bb
Acorda, acorda, acorda, acorda, acorda
Jorge Maravilha
Tom: Am
Am                    Am7+           Am7     
E nada como um tempo após um contratempo
           Am6
Pro meu coração
              F            F#
E não vale a pena ficar, apenas ficar 
  Am                         E7
Chorando, resmungando, até quando, não, não, não
  Am              Am7+       Am7
E como já dizia Jorge Maravilha
            Am6
Prenhe de razão
                F        F#
Mais vale uma filha na mão
             E7
Do que dois pais voando
                   D7                   Am7
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
                   D7                  Am7
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
               D         C        F        E7           Am
Ela gosta do tango, do dengo, do mengo, domingo e de cócega
               D        C        F          E7           Am
Ela pega e me pisca, belisca, petisca, me arrisca e me enrosca
                   D7                  Am7
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
   Am               Am7+         Am7
E nada como um dia após o outro dia
           Am6
Pro meu coração
              F            F#
E não vale a pena ficar, apenas ficar 
  Am                       E7 
Chorando, resmungando até quando, não, não, não
  Am              Am7+       Am7
E como já dizia Jorge Maravilha
           Am6
Prenhe de razão
                F        F#                      E7
Mais vale uma filha na mão do que dois pais sobrevoando
                  D7                   Am7
Você não gosta de mim, mas sua filha gosta
Doze Anos
Tom: D
Intro: E7 A7 Am B7 E7 A7 D
B7                      C#m5-/7
Ai, que saudades que eu tenho
               F#
Dos meus doze anos
               Bm
Que saudade ingrata
B7             C#m5-/7
Dar bandas por aí
                  F#
Fazendo grandes planos 
            Am
E chutando lata
D7           G
Trocando figurinha
            F#
Matando passarinho
                 Bm
Colecionando minhoca
B7              E7
Jogando muito botão
            A7
Rodopiando pião
                D
Fazendo troca-troca
B7                       C#m5-/7
Ai, que saudades que eu tenho
          F#  
Duma travessura
              Bm
Um futebol de rua
B7            C#m5-/7
Sair pulando muro
            F#
Olhando fechadura
               Am
E vendo mulher nua
D7               G
Comendo fruta no pé
           F#
Chupando picolé
                Bm
Pé-de-moleque, passoca
B7              E7
E disputando troféu
                  A7
Guerra de pipa no céu
                 D
Concurso de.. piroca!
Com Açúcar, Com Afeto
Tom: C
Intro: C Am F G
C6/9  Dm7    G7  C6/9    Bm7/11 E7      Am
Com açúcar, com afeto, fiz seu doce predileto
     Cm7 F7/9     Bm7 E7       F7+
Pra você parar em casa, qual o quê
                     Am7     Am/G             F#m5-/7
Com seu terno mais bonito, você sai, não acredito
        B7              E7   G7/13
Quando diz que não se atrasa
C6/9  Dm7      G7  C6/9         Bm7/11 E7  Am
Você diz que é operário, sai em busca do salário
     Cm7 F7/9     Bm7 E7       F7+
Pra poder me sustentar, qual o quê
                 Am7     Am/G             F#m5-/7
No caminho da oficina, há um bar em cada esquina
      B7    E7   E5+/7       A7+
Pra você comemorar, sei lá o quê
                           A7                     C#m7
Sei que alguém vai sentar junto, você vai puxar assunto
  F#7         B7/9 Bm7
Discutindo futebol
   E7               A7+           E/G#        Em/G
E ficar olhando as saias de quem vive pelas praias
  F#7           B7/9 Bm7
Coloridas pelo sol
  A7+                  A7                          C#m7
Vem a noite e mais um copo, sei que alegre ma non troppo
      F#7         B7/9 Bm7
Você vai querer cantar
       E7            A7+       E/G#           Em/G
Na caixinha um novo amigo vai bater um samba antigo
    F#7        B7/9 G7/13
Pra você rememorar
C6/9      Dm7    G7      C6/9        Bm7/11 E7  Am
Quando a noite enfim lhe cansa, você vem feito criança
     Cm7     F7/9  Bm7 E7       F7+
Pra chorar o meu perdão, qual o quê
                        Am            Am/G           F#m5-/7
Diz pra eu não ficar sentida, diz que vai mudar de vida
      B7           E7    G7
Pra agradar meu coração
C6/9    Dm7    G7     C6/9        Bm7/11 E7  Am
E ao lhe ver assim cansado, maltrapilho e maltratado
      F7         E7             A7
Ainda quis me aborrecer, qual o quê
                         Dm           D#            Bm5-/7
Logo vou esquentar seu prato, dou um beijo em seu retrato
                 E7        Am
E abro os meus braços pra você...
De Todas as Maneiras
Tom: D7+
Intro: D7+ D6 Dm6 A#7+/D
 D7+     D6  Dm6         A#7+/D  Dm7
De todas as maneiras que há de amar
 C/E          B/D#
Nós já nos amamos
      F#4/7     F#7    F#4/7       F#7
Com todas as palavras feitas pra sangrar
           Bm7+ Bm7 Bm6 Bm5+ B
Já nos cortamos
  C7+      B7      C7+       B7      Em7
Agora já passa da hora, tá lindo lá fora
              E/G#           D/A            F#7/A#
Larga a minha mão, solta as unhas do meu coração
                  F#m5-/7 B7
Que ele está apressado
    Em7               A7/9
E desanda a bater desvairado
                 D7+
Quando entra o verão
 D7+     D6  Dm6         A#7+/D  Dm7
De todas as maneiras que há de amar
 C/E        B/D#
Já nos machucamos
      F#4/7     F#7    F#4/7       F#7
Com todas as palavras feitas pra humilhar
       Bm7+ Bm7 Bm6 Bm5+ B
Nos afagamos
  C7+      B7      C7+       B7      Em7
Agora já passa da hora, tá lindo lá fora
              E/G#           D/A            F#7/A#
Larga a minha mão, solta as unhas do meu coração
                  F#m5-/7 B7
Que ele está apressado
    Em7               A7/9
E desanda a bater desvairado
                 D7+
Quando entra o verão
Cala a Boca, Bárbara
Tom: Bm
Intro: D#7/9 G#6/7 D7/9 G6/7 C#7/9 F#6/7 Bm7/9 F#5+/7 Bm7/9
               Gm6     Bm7/9        B7/D# Em7
Ele sabe dos caminhos dessa minha terra
        Em/D       F#7  D#                 B/A  E/G#
No meu corpo se escondeu, minhas matas percorreu
         Em/G            Bm7/9
Os meus rios, os meus braços
               Gm6    Bm7/9            B7/D# Em7
Ele é o meu guerreiro nos colchões de terra
       Em/F            F#7  D#
Nas bandeiras, bons lençóis
                          B/A E/G#
Nas trincheiras, quantos ais, ai
                      Em/G
Cala a boca - olha o fogo!
                      D/F#
Cala a boca - olha a relva!
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G Bm7/9
Cala a boca, Bárbara
                Gm6  Bm7/9           B7/D# Em7
Ele sabe dos segredos que ninguém ensina
       Em/F          F#7 D#               B/A  E/G#
Onde guardo o meu prazer, em que pântanos beber
     Em/G          Bm7/9
As vazantes, as correntes
                 Gm6  Bm7/9           B7/F# Em7
Nos colchões de ferro ele é o meu parceiro
        Em/D           F#7 D#
Nas campanhas, nos currais
                       B/A  E/G#
Nas entranhas, quantos ais, ai
                         Em/F
Cala a boca - olha a noite!
                       D/F#
Cala a boca - olha o frio!
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
        F   G#  G D/F#
Cala a boca, Bárbara
           Bm7/9
Cala a boca!
Caçada
Tom: C6/9
C6/9                         F6
Não conheço seu nome ou paradeiro
  Fm6                  C6/9
Adivinho seu rastro e cheiro
                          F6
Vou armado de dentes e coragem
 F6                     C6/9
Vou morder sua carne selvagem
                    F6       
Varo a noite sem cochilar, aflito
  Fm6                     C6/9
Amanheço imitando o seu grito
                         F6
Me aproximo rondando a sua toca
   Fm6                  C6/9
E ao me ver você me provoca
                    F6
Você canta a sua agonia louca
 Fm6                 C6/9
Água me borbulha na boca
                     F6
Minha presa rugindo sua raça
  Fm6                        C6/9
Pernas se debatendo e o seu terror
 F6    Fm6  E6/7    A7/9- Dm7    G6/7           (Gm7 C7)  C6/9
Hoje é o dia da graça, hoje é o dia da caça e do caçador
                          F6
Eu me espicho no espaço feito um gato
 Fm6                      C6/9
Pra pegar você, bicho do mato
                F6
Saciar a sua avidez mestiça
 Fm6                            C6/9
Que ao me ver se encolhe e me atiça
                               F6   
E num mesmo impulso me expulsa e abraça
 Fm6                     C6/9
Nossas peles grudando de suor
 F6    Fm6  E6/7    A7/9- Dm7    G6/7           (Gm7 C7)  C6/9
Hoje é o dia da graça, hoje é o dia da caça e do caçador
                    F6
De tocaia fico a espreitar a fera
 Fm6                  C6/9
Logo dou-lhe o bote certeiro
                          F6
Já conheço seu dorso de gazela
 Fm6                     C6/9
Cavalo brabo montado em pelo
                      F6
Dominante, não se desembaraça
 Fm6                     C6/9
Ofegante, é dona do seu senhor
 F6    Fm6  E6/7    A7/9- Dm7    G6/7           (Gm7 C7)  C6/9
Hoje é o dia da graça, hoje é o dia da caça e do caçador
Ai, se eles me pegam agora
Tom: A
Intro: A A# Bm E7 C#m Bm A C Bm E7 A A# B
 A                A#  Bm  C    A               G7   F#7
Ai, se mamãe me pega agora de anágua e de combinação
 B7                     E7      A  F#7 Bm E7
Será que ela me leva embora ou não
 A             A#    Bm   C  A                  G7  F#7
Será que vai ficar sentida, será que vai me dar razão
 B7               E7       A  Bm C A7/C# D7/9
Chorar sua vida vivida em vão
Db7/9                    Bb7    Ebm
Será que faz mil caras feias, será que vai passar carão
 Eb7                             Ab7                   E7
Será que calça as minhas meias e sai deslizando pelo salão
    A          A#     Bm C  C#m               A5+/7 G7 F#7
Eu quero que mamãe me veja pintando a boca em coração
 B7                       E7      A
Será que vai morrer de inveja ou não
 A               A#   Bm C  A               G7  F#7
Ai, se papai me pega agora abrindo o último botão
 B7                    E7       A  F#7 Bm E7
Será que ele me leva embora ou não
A                A#  Bm C A                  G7  F#7
Será que fica enfurecido será que vai me dar razão
  B7                 E7       A  Bm C a7/C# D7/9
Chorar o seu tempo vivido em vão
 Db7/9                    Bb7  Ebm 
Será que ele me trata à tapa e me sapeca um pescoção
   Eb7                      Ab7               E7
Ou abre um cabaré na Lapa e aí me contrata como atração
 A          A#     Bm C   C#m             A5+/7    G7  \F#7
Será que me põe de castigo será que ele me estende a mão
 B7                    E7       A
Será que o pai dança comigo ou não?
Benvinda
Tom: Dm7
Intro: Dm7 C#5+/7 Cm7 B7 A#7+ A#m7 Am7 G# Gm7 C7 Em5-/7 A7/9-
Dm7        C#5+/7        Cm7
Dono do abandono e da tristeza
Am5-/7   D7       Gm7            D/F#           G/F
Comunico oficialmente que há um lugar na minha mesa
                    C/E          Cm/D#      Gm/D             C# E7
Pode ser que você venha por mero favor, ou venha coberta de amor
                           A7
Seja lá como for, venha sorrindo
      Dm7        A/C#      D/C
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
                  Am5-/7           D7            Gm7
Que o luar está chamando, que os jardins estão florindo
        A7
Que eu estou sozinho
  Dm7     A/C#          D/C       Am5-/7    D7   Gm7
Cheio de anseio e de esperança, comunico a toda gente
        D/F#           G/F
Que há lugar na minha dança
                   C/E             Cm/D#    Gm/D           C#   E7
Pode ser que você venha morar por aqui, ou venha pra se despedir
                           A7
Não faz mal pode vir até mentindo
       Dm7       A/C#      D/C
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
                       Am5-/7          D7              Gm7
Que o meu pinho está chorando, que o meu samba está pedindo
        A7     
Que eu estou sozinho
Dm7    E7          A7     Am5-/7      F7               E7
Vem iluminar meu quarto escuro, vem entrando com o ar puro
      A7       Dm  A7/9+
Todo novo da manhã
   Dm7           E7    A7   C6         F7       E7
Oh vem a minha estrela madrugada, vem a minha namorada
                Em5-/7       A7
Vem amada, vem urgente, vem irmã
 Dm7        A/C#      D/C
Benvinda, benvinda, benvinda
                       Am5-/7          D7           Gm7
Que essa aurora está custando, que a cidade está dormindo
        A7
Que eu estou sozinho
 Dm7             A/C#      D/C     Am5-/7 D7   Gm7
Certo de estar perto da alegria, comunico finalmente
        D/F#       G/F
Que há lugar na poesia
                   C/E                  Cm/D#    Gm/D           C#   E7
Pode ser que você tenha um carinho para dar, ou venha pra se consolar
                                     A7
Mesmo assim pode entrar que é tempo ainda
     Dm          A/C#      D/C
Ah, benvinda, benvinda, benvinda
   Am5-/7                     D7              Gm7
Ah, que bom que você veio, e você chegou tão linda
         A7
Eu não cantei em vão
 D           A/C#      Cm7        F7       A#7
Benvinda, benvinda, benvinda. benvinda, benvinda
     A7   Dm
No meu coração