Maria Bethânia

Grito de alerta 
Tom: G
Intro: G 
 G                   G7+                    G7   
 Primeiro você me azucrina, me entorta a cabeça  
         Am   
Me bota na boca um gosto amargo de fel  
 Cm   
 Depois vem chorando desculpas , assim meio pedindo  
 G   
Querendo ganhar um b ocado de mel  
 C                       D7   
 Não vê que então eu me rasgo  
    Bm                  E   
Engasgo, engulo, reflito, estendo a mão  
 Am                      F   
E assim nossa vida é um rio secando  
 D7   
As pedras cortando, e eu vou perguntando: até quando?  
 G              G7+                   G7   
 São tantas coisinhas miúdas, roendo, comendo  
 Am   
Amassando aos poucos com o nosso ideal  
 Cm   
 São frases perdidas num mundo de gritos e gestos    
 G   
Num jogo de culpa que faz tanto mal  
 C                        D7                     Bm   
 Não quero a razão pois eu sei o quanto  estou errada  
 E   
O quanto já fiz dest ruir  
 Am                    F                      D7   
 Só sinto no ar o momento em que o copo está cheio  
 G7   
E que já não dá mais pra engolir  
 C                   D7                 Bm   
* Veja bem, nosso caso é uma porta entreaberta  
 Am   
Eu busquei a palavra mais certa  
 D4/7             D7               Dm  G7   
Vê se entende  o meu grito de  alerta   
 C                   D7              Bm   
 Veja bem, é o amor agitando meu coração  
 E                           Am   
 Há um lado carente dizendo que sim    
D4/7 D7 Dm (1)G7 BIS (2)G  
E essa vida da gente gritando que não


Coração ateu
Tom: A
A                    B7
O meu coração ateu quase acreditou
G#m5-/7   C#7/9-     F#m
Na sua mão que não passou de um leve adeus
D7+              Bm7
Breve pássaro pousado em minha mão
G#m5-/7  C#7/9- F#m7
Bateu asas e voou
Em7   A13              B7
Meu coração por certo tempo passeou
G#m7  C#7/9-  F#m7
Na madrugada procurando um jardim
D7+                   Bm7
Flor amarela, flor de uma longa espera
Gm7       C#7/9-  F#m7
Logo meu coração ateu
Em7        A13          D7+/9
Se falo em mim e não em ti
É que nesse momento
F        E
Já me despedi
F#11    F#7
Meu coração ateu
     B7/9
Não chora e não lembra
G#m5-/7 C#7/9-  F#m7 B7
Parte e vai-se embora


Jura secreta
Tom: G
Intro: (G/D G5+)
G/D       G5+         G/D   G5+
 Só uma coisa me entristece
G/D          D/F#      E  D/F#  Eb/G E/G#
 O beijo de amor que não roubei
Am         Am/G          D/F# C/E
 A jura secreta que não fiz
D4/7         D7             G4  G5+
 A briga de amor que não causei
G/D           G5+         G/D  G5+
 Nada do que posso me alucina
G/D      D/F#            E  D/F# Eb/G E/G#
 Tanto quanto o que não fiz
Am            Am/G          D/F# C/E
 Nada do que eu quero me suprime
D7         C/D    D7          G4 B4/7 B7
 De que por não saber inda dão quis
Em                   A4/7 A7
 Só uma palavra me devora
Em                           A4/7 A7
 Aquela que meu coração não diz
C            Bm7   Am              Am/G
 Só o que me cega, o que me faz infeliz
D/F#   C/E      D4/7      D7   G  (B4/7 B7)
 É o brilho do olhar que não sofri


Matriz ou filial
Tom: D
D        Em7/9
Quem sou eu
G/A      A/G                      F#m7
Pra ter direitos exclusivos sobre ela
Bm7               F                 Em7
Se eu não posso sustentar os sonhos dela
G/A              A7/9               D7+ F#m5-/7
Se nada tenho e cada um vale o que tem
B7/9-     Em7
Quem sou eu
      G/A       A/G            F#m7
Pra sufocar a solidão de sua boca
                     F            Em7
Que hoje diz que é matriz e quase louca
          A7                   B7/9-
Quando brigamos diz que é a filial
 G7+
Afinal
    C7/9                          F#m7
Se amar demais passou a ser o meu defeito
 Bm      F                           Em7/9
É bem possível que eu não tenha mais direito
G/A     A7/9                           B7/9-
De ser matriz por ter somente amor pra dar
 G7+
Afinal
C7/9                                F#m7
O que ela pensa em conseguir me desprezando
Bm           F                Em7
Se sua sina sempre é voltar chorando
G/A              A/G         D7+
Arrependida me pedindo pra ficar


Drama
Tom: F
     F               F#      Gm  G A7
Eu minto, mas minha voz não mente
      Dm   Dm/C     Em  A7
Minha voz soa exatamente
   A#       B       F            Dm
De onde no corpo da alma de uma pessoa
     Gm     C7     F   Em
Se produz a palavra eu
  Dm             A7
Dessa garganta, tudo se canta
 D7                  G
Quem me ama, quem me ama
 Gm     A7             Dm
Adeus, meu olho é todo teu
     F           E
Meu gesto é no momento exato
    Gm     A7
Em que te mato
 Dm             A7
Minha pessoa existe
               D7
Estou sempre alegre ou triste
  G
Somente as emoções
 Gm   A7 A#
Drama
                  D4 D7
E ao fim de cada ato
 Gm       G#     Dm   A#
Limpo no pano de prato
    Em             A7          Dm
As mãos sujas do sangue das canções


Nenhum verão
Tom: G7+
Intro: G5+/7 A6/7 C7 D7
 G7+              C7+             G7+
Esse sol, porque tinha de tanto brilhar
  D/F#                    D/A        A6/7   D  D7
Anunciar no meu peito o amanhã pra depois sumir
   G               B/Eb                 Em7
E deixar tão mais negro meu céu, minha noite
       C7+             G/B         A7        Ab7  G7+
Porque foi minha boca beber, se embriagar da tua boca
     F#7              G7+       F#7           Em7    Em7+ G/F  
Pra sobrar tão mais amargo o gosto de vazio, de solidão
                                         C/E
Meu coração prefere acreditar nessas promessas
      Cm/Eb        G7+    A/E           G/F
Mesmo essas que só fazem abrir minhas janelas
     G5+/7        A6/7                  A7    D7
Pra nenhuma, pra nenhuma, pra nenhuma paisagem
      G7+       C7+              G7+
Ah, porque me invadir como doce canção
     D/F#                            D/A      A6/7  D   D7
Pra depois me ferir, me queimar com ardor de toda paixão
    G7+       B/Eb               Em7
Eu assim te acolhi sem nenhuma defesa
      C7+                 G/B           A7   Ab7   G7+
Como nova estação quando chega, um belo dia, uma certeza
          F#7          G7+
Um vinho dado à minha mesa
       F#7       Em7         Em7+ G/F
Uma palavra, um abraço de irmão
                                         C/E
Meu coração prefere acreditar nessas promessas
   Cm/Eb            G     A/E             G/F
Mesmo essas que só fazem deixar na minha pele
G5+/7          A6/7       D7     G7+
Calor, luz, alegria pra nenhum verão


A camisola do dia
Tom: Gm
Gm                   A
Amor, eu me lembro ainda
Cm    D7/9-        Gm
Era linda, muito linda
D#7/9             D7/9 D G7
Um céu azul de organdi
               Cm
A camisola do dia
Tão transparente e macia
                         D7/9 D G7
Que eu dei de presente a ti
G       G7         D
Tinha rendas de Sevilha
              G
A pequena maravilha
                      Cm
Que o teu corpinho abrigava
   Cm6b     D7/9-   Gm
E eu era o dono de tudo
             A
Do divino conteúdo
D#7/9     D7/9     G      Em Am D7/9
Que a camisola ocultava
G       D7/9       A7
A camisola que um dia
                   D7/9
Guardou a minha alegria
            G       E7/9- Dm G7
Desbotou, perdeu a cor
C      C#      G
Abandonada no leito
E7/9-                 Am7
Que nunca mais foi desfeito
D7/9-              G
Pelas vigílias de amor


Doce mistério da vida
 (Ah! Sweet Mistery of Life)
Tom: A
Intro: Bm E7 A
 A               C           Bm
Minha vida que parece muito calma
F#7    Bm                 E7     A
Tem segredos que eu não posso revelar
                    C         E
Escondidos bem no fundo de minh'alma
         B7                         E5+
Não transparecem nem sequer em um olhar
      A           C            Bm  E
Vive sempre conversando à sós comigo
      F#m    E           Em
Uma voz eu escuto com fervor
A7   F#7                        Bm
Escolheu meu coração pra seu abrigo
Dm  G  C#m  F#m   Bm   E7  A
E dele fez um roseiral em flor
A7   F#7                     Bm
A ninguém revelarei o meu segredo
Dm G   C#m   F#m Bm   E7  A
E nem direi quem é o meu amor


Interior
Tom: D7+  
Intro: D7+ G7+
  D7+
Maninha me mande um pouco
                  G7+
Do verde que te cerca
            A
Um pote de mel
A/G           D7+          G/A     A/G
Meu coleiro cantor, meu cachorro veludo
             D7+    D5+/7 D6/7+ D5+/7
E umas jaboticabas
 D7+                                   G7+
Maninha me traga meu pé de laranja-da-terra
Me traga também um pouco de chuva
                       F7+
Com cheiro de terra molhada
 Em            F#m
Um gosto de comida caseira
 G7+             F#m
Um retrato das crianças
 G7+                    F7+
E não se esqueça de me dizer
 A7                    D6/7+
Como vai indo minha madrinha
            Bb7+               C7+
E não se esqueça de uma reza forte
             D6/7+/9
Contra mau-olhado


Volta por cima
Tom: Em
Texto: Fernando Pessoa
Eu quero quer sempre aquilo com quem eu simpatizo,
e eu torno-me sempre, mais cedo ou mais tarde aquilo com quem eu simpatizo.
E eu simpatizo com tudo.
São-me simpáticos os homens superiores porque são superiores,
e são-me simáticos os homens inferiores porque são superiores tanto,
porque ser inferior é diferente de ser superior,
e isso é uma superioridade a certos momentos de visão.
Eu simpatizo com alguns homens pelas suas qualidades de caráter
com outros eu simpatizo pela falta dessas mesmas qualidades
e com outros ainda eu simpatizo por simpatizar com eles
porque eu sou rei, absoluto na minha simpatia
basta que ela exista para que eu tenha razão de ser!
 Em
Chorei, não procurei esconder
                 E7
Todos viram, fingiram
                   Am
Pena de mim, não precisava
 D
Ali onde eu chorei
               G
Qualquer um chorava
        F#m5-/7              B7
Dar a volta por cima que eu dei
                Em
Quero ver quem dava
    F#m5-/7   B7        Em
Um homem de moral não fica no chão
Bm5-/7         E7
Nem quer que mulher
      Am
Venha lhe dar a mão
             A#           Em     C
Reconhece a queda e não desanima
F#m5-/7             B7
Levanta, sacode a poeira
                  Em
E dá a volta por cima


Luzes da Ribalta
Tom: C
 C                      Dm
Vidas que se acabam a sorir
 G                         C
Luzes que se apagam, nada mais
                 Am                  Dm   G
É sonhar em vão tentar aos outros iludir
             F       G
Se o que se foi pra nós
              C   G
Não voltará jamais
 C                      Dm
Para que chorar o que passou
  G                 C
Lamentar perdidas ilusões
                C7             F
Se o ideal que sempre nos acalentou
   Dm          G        C
Renascerá em outros corações


Brincar de viver
Tom: E
 
   E                   E7+
     Quem me chamou
            A               Am
     Não vai querer voltar pro ninho
   E              E7+          A       Am
     E redescobrir seu lugar
   E             E7+
     Pra retornar
         A             Am
     E enfrentar o dia-a-dia
   E                   E7+     A          Am 
     Reaprender a sonhar
    B                     Bm                         E/D       A/C#
     Você verá que é mesmo assim, que a história não tem fim
      F#m7                    A/B               E7+              A7+ 
     Continua sempre que você responde sim à sua imaginação
       F#m7             A/B                    E  E7+ A  Am
     A arte de sorrir cada vez que o mundo diz não
    E        E7+          A           Am
     Você verá que a emoção começa agora
    E             E7+        A      Am 
     Agora é brincar de viver
   E                E7+         A               Am
     E não esquecer, ninguém é o centro do universo
    E                     E7+      A     Am
     Que assim é maior o prazer
      G     G7+    Am7     Cm               G   G7+            C7+    D7              
     E eu desejo amar       todos que eu cruzar pelo meu caminho
     G             G7+    Am7    A4/7           D7       Em
     Como eu sou feliz,           eu quero ver feliz
                         C7+   D
     Quem andar comigo
   (   E   E7+   A   Am   )
     Vem


Lama
Tom: Gm 
 Gm                      F7   
Se eu quiser fumar eu fumo  
 Eb7   
Se eu quiser beber eu bebo  
 D7                    Gm   
Não me interessa mais ninguém  
 F7   
Se o meu passado foi lama  
 Eb7   
Hoje quem me difama  
 D7               Gm   
Viveu na lama tambem  
 F7   
Comendo a mesma comida  
 Eb7   
Bebendo a mesma b ebida  
 D7                 G7   
Respirando o mesmo  ar  
 Cm            Db            Gm   
E hoje por ciúme ou por despeito  
 A7                D7                   Gm  G7   
Achar-se com o  direito de qu erer me humilhar  
 Cm   
Quem foste  tu  
 Cm6   
Quem és tu  
 Gm   
Não és na da  
 G7                  Cm   
Se na vida fui errada  
 D7                  Gm  G7   
 Tu foste errado também  
 Cm                  Cm6   
Se eu e rrei, se pequei  
 Gm   
Não importa  
 Cm   
Se a esta hora estou morta  
 D7               Gm  Cm  Gm   
 Pra mim morreste também   


Álibi
Tom: Em
Intro: Em7 +/9 G/A A7/9 Em7/9 G/A  C77/13  C5+/7
F7+/9  B7/13  B5+/7
havia mais que um
   Em7+/9  A7/9/11+
desejo
G7/13      F#m5-/7
a força do beijo
     B7/9-
por mais que vadia
Em7+/9     C7/13   C5+/7
não sacia mais
F7+/9     B7/13     B5+/7
meus olhos lacrimejam seu
Em7+/9   A7/9/11+
corpo
   G7/13      F#m5-/7     B7
exposto à mentira do calor da ira
    Am7
do afã de um desejo que não
C7/9    B7/9+
contraíra
    Em7+/9      C7
no amor, a tortura está por
    Em7+/9
um triz
  Bm5-/7            E7/9-
mas a gente atura e até se
mostra feliz
Am7        D7/9    G7+
quando se tem o álibi
   Am7           Bm7
de ter nascido ávido
     E5+/7     F#m5-/7
e convivido inválido
B7/9-  Em7+/9     C7/13
mesmo sem ter havido


Gostoso demais
Tom: G

G                 D/F#      B7
Tô com saudade de tu, meu desejo
Em                B4/7        B7
Tô com saudade do beijo e do mel
C                  G
Do teu olhar carinhoso
                 A7
Do teu abraço gostoso
                  D7
De passear no teu céu
G               D/F#      B7
É tão difícil ficar sem você
Em              B4/7     B7
O teu amor é gostoso demais
C                     G
Teu cheiro me dá prazer
                    A7
Quando estou com você
D7                   G
Estou nos braços da paz
G7           C
Pensamento viaja
         G/C             C
E vai buscar meu bem-querer
     F#m7/5-    B7    Em
Não posso ser feliz, assim
           A7                       D7
Tem dó de mim      o que eu posso fazer