Ana Carolina

O avesso dos ponteiros
Tom: B9
Intro: B9 C#m7 C#m6,7
 B9                       C#m7
Sempre chega a hora da solidão
  B9                       C#m7
Sempre chega a hora de arrumar o armário
 B9                      C#m7
Sempre chega a hora do poeta a plêiade
 B9                        C#m7          F#7
Sempre chega a hora em que o camelo tem sede
         B7M,9
O tempo passa e engraxa a gastura do sapato
     E
Na pressa a gente nem nota que a Lua muda de formato
           B7M,9
Pessoas passam por mim pra pegar o metrô
     E
Confundo a vida ser um longa-metragem
         F#7            B9       
O diretor segue seu destino de cortar as cenas
      E
E o velho vai ficando fraco esvaziando os frascos
        F#7
E já não vai mais ao cinema
 B9           G#m7        C#m7       F#7 B9
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
         G#m7         C#m7     F#7       B9 F#7
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
 B9                               C#m7
Penso quando você partiu assim sem olhar pra trás
 B9                            C#m7
Como um navio que vai ao longe e já nem se lembra do cais
     B7M,9                             C#m7
Os carros na minha frente vão indo e eu nunca sei pra onde
      F#7
Será que é lá que você se esconde?
B9         G#m7      C#m7       F#7      B9
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
     G#m7         C#m7       F#7         B9 F#7
Tudo passa e eu ainda ando pensando em você
B9
A idade aponta na falha dos cabelos
E9
Outro mês aponta na folha do calendário
B9
As senhoras vão trocando o vestuário
E9
As meninas viram a página do diário
B7M,9
O tempo faz tudo valer a pena
C#m7
E nem o erro é desperdício
B7M,9
Tudo cresce e o início
Deixa de ser início
C#m7
E vai chegando ao meio
F#7
Aí começo a pensar que nada tem fim
E9 B7M,9 F#7 G#m7 B/F#
Que nada tem fim


Nada pra mim
Tom: A
A9            F#m
Eu não vim aqui 
    Bm7              E/D 
Pra entender ou explicar 
A9                 F#m
Nem pedir nada pra mim 
     Bm7
Não quero nada pra mim 
     E7          A9 
Eu vim pelo que sei 
  Em         A7
E pelo que sei 
      D7+     Dm6       A          Em A7 
Você gosta de mim é por isso que eu vim
      D7+ 
Eu não quero cantar 
        Ebdim
Pra ninguém a canção 
      C#m7
Que eu fiz pra você 
         Bm7        E7
Que eu guardei pra você 
     A9
Pra você não esquecer 
      Em           A7 
Que eu tenho um coração 
  D7+
E é seu 
      Ebdim
Tudo mais que eu tenho 
       Cm#7 
Tenho tempo de sobra 
      Bm7
Tive voce na mão 
    E7
E agora 
                A9
Tenho só essa canção


Garganta
Tom: Gm 
Intro: Gm D# D7/A 
Gm                D#        D7/A           Gm
Minha garganta estranha quando não te vejo
           D#         D7/A       Gm
Me vem um desejo doido de gritar
                  D#             D7/A        Gm
Minha garganta arranha a tinta e os azulejos
                    D#           D7/A       Gm
Do teu quarto, da cozinha, da sala de estar
                  D#            D7/A         Gm
Minha garganta arranha a tinta e os azulejos
                    D#         D7/A         Gm
Do teu quarto, da cozinha, da sala de estar
 Cm7         F7               B9
Vem a madrugada perturbar teu sono
                D7(b9)             Gm
Como um cão sem dono me ponho a ladrar
                  Gm/F#      Gm/F       Gm/E     Eb7M
Atravesso o travesseiro, te reviro pelo avesso
                 D7                Gm
Tua cabeça enlouqueço, faço ela rodar
                  D#        D7/A         Gm
Atravesso o travesseiro, te reviro pelo avesso
                D#       D7/A       Gm
Tua cabeça enlouqueço, faço ela rodar
                  Cm7           F7            B9
Sei que não sou santa, as vezes vou na cara dura
                    D7(b9)             Gm
As vezes ajo com candura pra te conquistar
             Gm/F#     Gm/F    Gm/E   Eb7M
Mas não sou beata, me criei na rua
                    D7                 Gm
E não mudo minha postura só pra te agradar
             D#        D7/A       Gm
Mas não sou beata, me criei na rua
                    D#         D7/A    Gm
E não mudo minha postura só pra te agradar
                   Cm7         F7            B9
Vim parar nessa cidade, por força da circunstância
                  D7(b9)                  Gm
Sou assim desde criança, me criei meio sem lar
  Gm/F#       Gm/F    Gm/E Eb7M
Aprendi a me virar sozinha,
                      D7                      Gm
e se eu tô te dando linha é pra depois te abandonar
    D#         D7/A   Gm
Aprendi a me virar sozinha
                     D#            D7/A           Gm
e se eu tô te dando linha é pra depois te abandonar


Trancado
Tom: E
Intro: E C#m A/C# B9 E
E                                C#m
Eu tranco a porta pra todas as mentiras
               A/C#
E a verdade também está lá fora
B9                   E
Agora, a porta está trancada
                                     C#m
A porta fechada me lembra você a toda hora
                         A/C#
A hora me lembra o tempo que se perdeu
B9                 A      E/G#
Perder é não ter a bússola
F#m        E/G#       A   Aš
É não ter aquilo que era seu
         B9       F
E o que você quer?
     E
Orientação?
                                C#9  C#m C#9 C#m
Eu tranco a porta pra todos os gritos 
                     A/C#
E o silêncio também está lá fora
B9                     E
Agora a porta está trancada
Eu pulo as janelas
                  C#m
Será que eu tô trancado aqui dentro?
                    A/C#
Será que você tá trancado lá fora?
   B9                    A     E
Será que eu ainda te desoriento?
E/G#           F#m            E/G#
Será que as perguntas são certas?
            A          Aš
Então eu me tranco em você
  B9          F#       B9     E
E deixo as portas abertas


Nunca
Tom: C
A música toda é nesta sequência= >C F C F C F9
Não existe a lei da gravidade
Nunca é a hora da verdade
Nunca se responmde uma pergunta
Nunca é o dia de São Nunca
Nunca é 
Agora ou nunca é
Nunca
Quem é livre não quer liberdade
Não existe a lei da gravidade
Pode viajar de avião
Pode colocar os pés no chão
Nunca é...
Não existirá eternidade
Não existe a lei da gravidade
Nunca existiu o paraíso
Nunca é o dia do juízo
Nunca é...


A canção tocou na hora errada
Tom: G#m       
Intro: B7+
          G#m           C#m      F#                     D#m
A canção tocou na hora errada, e eu que pensei que sabia tudo
G#m                      C#m  F#4  F#  B7+           G#m             C#m
Mas se é você eu não sei nada,         quando ouvi a canção, era madrugada
F#                   D#m         G#m                                C#m
Eu vi você, até senti tua mão e achei até que me caia bem como uma luva
F#                                B7+
Mas veio a chuva e ficou tudo tão desigual
C#m  F#  B7+       G#m            C#m       F#
         A canção tocou no rádio agora, mas você não 
                          (G#m)   F#4  F#
pode ouvir por causa do temporal,
B7+         G#m                      C#m
Mas guardei tuas cartas com letras de fôrma
          F#                                D#m
Mas já não sei de que forma mesmo você foi embora
           G#m                                C#m
Mas já não sei de que forma mesmo você foi embora
F#4  F#  B7+      G#m                  C#m            F#
               A canção tocou na hora errada, mas não tem nada não, eu até
   D#m          G#m 
lembrei das rosas que dão no inverno    (2X)
F#4  F#  B7+        G#m                       C#m
        Mas guardei tuas cartas com letras de fôrma
           F#                               D#m
Mas já não sei de que forma mesmo você foi embora
          G#m                                C#m   F#4  F#
Mas já não sei de que forma mesmo você foi embora
B7+         G#m                  C#m           F#
A canção tocou na hora errada, mas não tem nada não, eu até
 D#m        G#m               C#m   F#4  F#
lembrei das rosas que dão no inverno
B7+         G#m                      C#m
Mas guardei tuas cartas com letras de fôrma
           F#                               D#m
Mas já não sei de que forma mesmo você foi embora
          G#m                              C#m 
Mas já não sei de que forma mesmo você foi embora     (4X)
Vocalização ( C  B7+)