Batismo nas águas e Batismo com o Espírito Santo:

              dois acontecimentos distintos.

 

 

 

O batismo com o Espírito Santo é uma das doutrinas principais dentro do autêntico cristianismo.
O batismo com o Espírito Santo não tem nada a ver com o batismo nas águas ou com o novo
nascimento. Eventualmente pode até acontecer o batismo com o Espírito Santo no momento do
batismo nas águas, porém, são duas coisas totalmente distintas. Enquanto que o batismo nas
águas se constitui o "sepultamento da velha natureza" (Romanos 6.3-6), o batismo com o Espírito
Santo é o recebimento do poder de Deus (Atos 1.8). Quando o batismo nas águas tem efeito, a
pessoa sente uma mudança radical de hábitos e atitudes em relação a si mesma e aos outros. Se
ela era geniosa OU temperamental, isso acaba, pois nas águas fica sepultada sua natureza
pecaminosa. Ao sair das águas batismais ela passa a viver em novidade devida. Já o batismo com
o Espírito Santo é diferente, pois a partir de então, ela perde a timidez, por exemplo, para
testemunhar do Senhor Jesus. Há uma virtude divina que lhe capacita para fazer a obra de Deus,
para expulsar demônios, para curar enfermos, enfim, para servir como testemunha viva da
ressurreição do Senhor Jesus. E a partir do batismo com o Espírito Santo que desaparece
definitivamente todos os sintomas malignos, tais como: vícios, prostituição, mentiras, roubos,
depressões, insônia, medo, constantes dores de cabeça, nervosismo, vontade de suicidar-se etc.

Quem está habilitado para receber tal batismo? O batismo com o Espírito Santo é para todos os
que professam sinceramente sua fé no Senhor Jesus com exclusividade, que nasceram da água e
do Espírito. E o Senhor Jesus é o único batizador com o Espírito Santo(Mateus3 11,Lucas3 16).

 

Antes de ser elevado aos céus, o Senhor Jesus apareceu para os discípulos e lhes prometeu,
dizendo: "...mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas
testemunhas..." (Atos 1.8). Vemos nitidamente aqui o propósito do Senhor Jesus em batizar com o
Espírito Santo seus discípulos: fazê-los "serão testemunhas dele. Muitos têm falado a respeito do
Senhor Jesus, porém, somente aqueles que foram ungidos com o Espírito de Jesus têm a
capacidade de servirem como verdadeiras testemunhas da ressurreição do Senhor Jesus. O
objetivo do batismo com o Espírito Santo não é o falar em línguas, nem muito menos ter poder
para expulsar demônios e curar os enfermos, pois muitos fazem isso e, no entanto, permanecem no
pecado e não entrarão no Reino de Deus, conforme Mateus 7.22. O propósito desse batismo é
fazer o cristão servir sendo o "sal da terra", "luz do mundo" e o "perfume do Senhor Jesus".
Quando o convertido é batizado com o Espírito Santo, ele tem a mesma unção que teve o Senhor
Jesus para manifestar o caráter de Deus, tais como, perdoar os que lhe querem mal, orar pelos
seus perseguidores, amar os inimigos, dar a outra face, andar a segunda milha, enfim, assumir o
modelo de cristianismo vivido pelo Senhor Jesus e Seus apóstolos. Obviamente isso é impossível
para uma pessoa comum, mas não para com os ungidos com o Espírito de Deus.